/// SEM UNIÃO – NÃO EXISTE PODER ///

                         O VERDADEIRO PODER> é a consciência   no conhecimento da sabedoria, em entender – que, somente na UNIDADE – pode-se, vencer – tanto interiormente quanto exteriormente.  A vida em verdade, é um “todo,” mergulhada no espírito eterno.

               DEUS é Poder > porque, Ele vive em todas as entidades vivas – sem credo, raça ou cor. Por isso, Ele é UNO, e o seu Poder se resume na UNIDADE – mas, o homem na sua obscuridade de sua própria identidade como espírito – está sempre dividido>perdido, interiormente e exteriormente. Porque, não aceita a verdade “Como Ela é” –  As próprias religiões que deveriam ensinar a “homogenia,” de sua afetividade e da consciência coletiva ecomênica – simplesmente, são as primeiras a negarem a consciência de unir o próximo na escolha de suas crenças. Porque, cada uma quer impor a sua linha, no conhecimento da lei. Em verdade, aqui neste orbe, “pode tudo” – mas, do outro lado da linha mortal – só existe uma lei> “A Lei Maior de DEUS. Neste mundo, as religiões buscam o mesmo Ser Divino – seguindo caminhos diferentes – porém, no tempo e hora marcada por DEUS – todos chegarão ao lugar, aonde, será feito a escolha de quem aprendeu melhor o seguimento da Lei e sua Unidade, entre as criaturas de DEUS.   Enfim…. a “desunião,” é uma arma fatal, que Satanás, põe nas mãos dos homens – perdidos e vencidos em seus vícios e vaidades de serem ” isto ou aquilo.” E… desde os princípios dos tempos, dos primórdios, vem a humanidade se deteriorando em seus princípios morais, religiosos e intelectuais. Porque, os poderes do mundo, falam alto em seus corações. Acreditam, que DEUS, vive mais em “um” do que no “outro.” Isto, é inconcebível, na época de hoje. É de uma estupidez, sem tamanho, é uma vergonha. Sómente alguém sem visão de Unidade – crê, poder dizer: ” A minha religião é melhor que a sua.” ou “Sigo, o que está escrito nas Escrituras.” Isto, mata o espírito! Porque, a Bíblia – não salva ninguém. Em verdade, as Escrituras são textos Sagrados, que tentam abrir os olhos da alma humana – para as verdades do espírito – além da vida. Se um advogado, não ir mais além daquilo que ele estudou nos livros das leis> continuará sendo um simples advogado. Assim, também é aquele que pretende alcançar o conhecimento divino – não basta, conhecer as Escrituras. Se o homem, não mudar o seu interior, corrigir seus sentimentos, fazer uma faxina no seu coração, observar – que, na natureza, mesmo havendo tantas diferenças em seu habitat> nos mostra o poder de seu equilíbrio na Unidade, nela existente, como em todo o Universo.  Todos trabalham em pról de uma comunhão e suas diferenças. Sómente o homem, reluta em aceitar o fato de uma homogeniedade entre os seus. Por isso, existem guerras, violências, barbáries. Com uma diferença absurda de século para século – quanto mais o progresso avança> mais, o homem regride na sua espiritualidade. Mudando a sua personalidade simplista, para uma personalidade autoritária, inconstante, predatória, destruindo o próprio reino que habita. Pois, se acha muito inteligente, racional e senhor da verdade – onde, a ciência explica tudo. E, o espírito, simplesmente é um “NADA,” diante dessa “Era” de kali yuga, tempo das trevas, como chamam os orientais. É importante, o homem diluir certas dúvidas, para que, o homem natural, vença suas dificuldades interiores.  Assim, é o caminhar humano – pelas estradas desse mundo violento. E, com toda a sua intelectualidade, o seu prêmio tem sido à Morte.  No dia em que “ele,” perceber, entender, que é pó – por mais que acredite TER, não tem, pois, nada leva deste mundo> porque não é senhor de nada – somente na sua pequena cabeça, acredita, ser… o que não é! Não é dono de ninguém, só de papéis. Enquanto, não compreender que está no mundo – apenas para aprender a conhecer a sua verdade, e, talvez nem suporte conhecê-la, porque a verdade não é para todos, primeiro terá que aprender…> para só então, conhecer o significado  do “espírito,” na carne. Quando o homem> aquele: “que pensa que é” – baixar a sua bola – perceberá, então> que o seu mundo, não é aqui – como nos disse o Mestre: “EU, não sou daqui, assim, como vós, também não sois.” (JESUS) Poderão, então sair dessa inércia de vida – que pensam ser vida – para um conhecimento, livre, aberto e infinito sem divisão – onde, somente o AMOR e o PERDÃO, constrói.  Conhecerão a Luz interior, que emergirá, trazendo a tona, a sabedoria espiritual da glória divina. Nesta hora, você vencerá o mundo e não conhecerá mais a morte – porque, ela somente existe na ignorância do ser humano, perdido no mundo de seus próprios “desejos.”

                                              A unidade de DEUS – difere dos homens.  Ele não se divide em partes – porque, em verdade, é UNO. O SENHOR, é um DEUS em Trindade, que é UNA ao Pai. Mesmo que cada um – esteja em dimensões – diferentes – na verdade, DEUS é UM> o Filho é outro, e o Espírito Santo, outro. Porém, as três pessoas estão na mesma divindade. Por isso, JESUS – sempre glorificava  o Pai, ao dizer: ” Tudo o que faço, é pela vontade de meu Pai.” Diante da Suprema Consciência UNA > as três pessoas, se projetam em “UMA” Mas, um só é o SENHOR – mesmo que JESUS, tenha os seus atributos de um DEUS. Pois, em verdade, O Reino do SENHOR, está acima da dimensão de JESUS. Mas, JESUS entra no Reino de DEUS a hora que “Ele,” quizer. “Ele” é o amado Filho.  O Pai é o SENHOR, o Filho é o Senhor e o Espirito Santo é o Senhor – Os homens que se dizem religiosos, deveriam pensar igual a Trinddade. Sem esse primcípio…o homem, não alcançará a Salvação.  Devido o estado da mente humana, distorcida pelo ilusionismo do mundo > escraviza o homem pela vontade de servir mais o mundo, do que a DEUS.  Desse modo, o homem em suas vontades egoísticas, se aproveitam dos humildes, perdidos nas dores da vida.  Então, se os doutores da lei, fossem mais honestos com lei – aceitariam a verdade da lei> entre as crenças – de fato, na luz do conhecimento, só existe um pensamento – pois, todas as religiões, relatam a luz de DEUS, em um só “fundamento,” a Trindade – onde, a humanidade estaria muito mais consciente e uniciente em DEUS.  Portanto, é por falta de UNIÃO, AMOR e PERDÃO, que a humanidade me  faz lembrar os “Judeus,” – quando libertos da escravidão egípcia>e,  mesmo sendo asistidos por tantos milagres, a misericórdia do Senhor, não chegou em seus corações – continuavam a errar perante a palavra de DEUS. O pecado nos pensamentos dêles – agiam mais rápidos, do que a vontade de servir aquele que os tinham salvo dos grilhões do cativeiro egípcio. Enfim, vemos as religiões na ignorância do conhecimento – se estranharem – sem o olhar de compreenção – mas, quando o mundo os pega, eles sentem a pancada – e clamam: ” SENHOR! SENHOR!”  Mas, o grito, sai pelos lábios – seus interiores estão divididos, suas mentes vazias de DEUS, mas, repletas das coisas do mundo. Não existindo – Escritura, que possa salvar uma pessoa – que não deseje ser salva.  Pois, é difícil vencer a si mesmo, os sentimentos ainda gritam por vinganças, ciúmes, invejas etc. Na verdade, o pior de todos os inimigos é a nossa própria “mente.” E, enquanto não aprendermos a domá-la – ficaremos a mercê do lõbo.  Assim, o espírito continuará na cadeia de um corpo físico – até o tempo, que não se sabe a hora, nem o dia, possa o homem em sã consciência, dizer: ” Quero sair dessa vida”  “Quero sair do fundo do posso” Quero encontrar com a luz, existente em mim – mas, devido, não estarmos prontos, a luz fica presa no meu SER. Por isso, JESUS, perguntava antes de lançar suas mãos, sobre uma pessoa: “Você Crê…”     (BARTHO)

E-mail do autor (luzbartho@hotmail.com)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s