/// PENSAMENTOS FILOSÓFICOS # Bartho ///

                         O VERDADEIRO CONHECIMENTO> não grita, apenas murmura no interior do SER.  DEUS – fala bem baixinho no ouvido do filho / Mas, poucos são aqueles que alcançam o seu chamado. Sua voz é muito sutil – E, por estar ainda o homem muito envolvido, contaminado com o materialismo – sua sintonia espiritual, práticamente, fica inérte, baixa o suficiente para não ouvir a voz interna de DEUS e do sagrado conhecimento que vem em nosso socorro. Mas, encontra a porta fechada do EU.

O MISTÈRIO>   se inicia no comêço do Universo, até o início da vida, aonde, se tem a continuidade na eternidade da criação – que é o inicio de todo mistério. Ele, vai além do além do saber humano, até o sopro, o verbo, a palavra do conhecimento do espírito de DEUS, em toda a sua glória de seu infinito e sagrado Universo – com seus sóis, estrelas e galáxias. Que sempre estará plasmado e “velado,” sobre muitos outros mistérios, mais profundos, que o homem possa imaginar. Principalmente os ímpios. Porque, tudo está e vive sob os mistérios> vindos de cada personalidade da graça de DEUS!

                                    O ABSOLUTO> é o fundamento, a raíz do espírito, e, ao mesmo tempo não é nada> não é um, nem outro.  Ele, transcende, a toda à razão humana, e, tudo que o homem pode conhecer. Porque, em verdade, está – além, do além, do além> que, a humanidade pode conceber em sua vã – filosofia ou sua própria ciência. Pois, todos os Mistérios, resplandessem no Espírito Divino – O ABSOLUTO> é, portanto, a raíz de todo Mistério de DEUS. Por isso, “Ele,” é aquele, que não tem Nome. “Sou o que sou.”>DEUS!

Não importa quanto o vento sopre sobre a montanha> ela jamais se curva diante do vento.

A mais bela de todas as flores – é aquela que desabrocha na adversidade.  Assim, também é o homem, quando senhor de sua fé – mesmo na pior adversidade, ele permanece de pé. Porque,  DEUS é o seu norte e a sua fé, a certeza de sua vitória sobre seus inimigos.

SE QUEREMOS MUDAR O MUNDO> temos que, mudar primeiramente, o nosso interior, o nosso SER! Pois, tudo que é LUZ, vem do absoluto – nasce de dentro pra fora – jamais, de fora pra dentro.

                                                 A MINHA RETÓRICA> talvez seja enfadonho – meus textos – aos ouvidos e olhos – daqueles que desejam conhecer o sentido da força. Mas, para se caminhar, primeiro se aprende à andar. Assim, a única maneira ou forma mais simples que encontrei para falar de um conhecimento, mais solto, inerente ao espírito de DEUS – e com maior intensidade no coração de cada um, foi este. Redundante, repetitivo… mas, consciente da verdade, livre dos dogmas e leis religiosas.  Pois, no meio de toda essa violência material – tento, ensinar o conhecimento do SER, para melhor o homem alcançar a sua sensibilidade interior – ao alcance da luz da alma.  Mediante, cada passo, que a humanidade dá no mundo em que vive. Aonde, na verdade, as pessoas querem mais receber de DEUS – do que, aprender a conhecer a verdadeira identidade de seu SER – Por isso, todo o texto deste SITE é escrito de maneira simples – porque, nem todos podem sentir a luz interior, da mesma maneira.  Uns já estão prontos, outros ainda estão fora do ponto>para o entendimento do que seja a verdade do ESPÍRITO. Ninguém tira um fruto da árvore se não estiver MADURO. Assim, é a realidade humana!                                                                                                                                                          

QUANTO MAIS SE VIVE NA “VIDA>” MAIS, DESCOBRIMOS QUE A ( VIDA APARENTE DO MUNDO) NÃO É NADA –  SOMENTE UM INSTANTE, EM QUE A “A EXISTÊNCIA HUMANA” TORNA, A NOS DAR O SENTIDO> DA REALIDADE DA VIDA ETERNA!

O ESPÍRITO É GRANDE DEMAIS> para caber num corpo de carne, osso e sangue> aonde a ignorância humana retém a sua infinita essência – Na verdade, o corpo tornou-se a gaiola, que aprisiona o espírito, a mente e o SER….diante, do poder da força bruta da materialidade do Mundo!

Misericórdia Divina>  embora, DEUS seja – não nascido e seja o Supremo – “Ele” sempre perdoa o homem displicente, perdido no ilusionismo do mundo fenomenal.    Assim, se vê que, a obra de DEUS, não pode ser feita por uma só pessoa ou uma só religião> que, de todo coração glorifica os Santos Nomes do Senhor!    Pois, cada ser humano se estabelece na religião que ele foi chamado a acreditar, pela escolha de seu coração. Porque, assim como é o tempo, o sol, a chuva ou o vento – a verdade de DEUS, está espalhada por entre as diversas crenças ou classes escolares – que, prepara o homem, até a hora dêle, ficar pronto para entrar na “faculdade espiritual” do Reino de DEUS.

NÃO DEVEMOS COBRAR> aquilo que recebemos de graça! Em verdade, nada temos de nosso – nem mesmo o corpo físico nos pertence.  Porque então cobrar, o que nos veio de graça, vindo do  “espírito.” Em verdade, aquele que se propõe a cobrar – faz das coisas de DEUS > um comércio.

O QUE NOS LEVA AO CRIADOR> não é religião, palavras bonitas ou quantidades de ORAÇÕES. Mas, a fé, lealdade e sinceridade, isto basta, para o Nosso Pai, que está no céu e em todas as suas criaturas.

                                                           A SOCIEDADE DE HOJE> é uma réplica, mais evoluída e mais dissimulada da estrutura política da Idade Média. Porque o REI, prometia melhoras para o povo, mas nada fazia, senão, aproveitar-se de suas esperanças e sonhos. Como é nos dias atuais! As relações de vassalagem e soberania, que por ordem do REI, dava aos vassalos “lotes” de terras, para construção de suas casas – em torno do Castelo – exigia para isto, total fidelidade e ajuda por parte dos camponeses. Nessa sociedade medieval> como na sociedade de hoje, todo os poderes jurídico, econômico e político> se encontrava nas mãos dos senhores feudais – donos dos “lotes de terra”. Desse modo, o Rei tinha todo o povo em suas mãos – exigindo deles, os “impostos” pagos religiosamente. Somente a Igreja> como sempre, era “isenta” – mas, sabia cobrar o dízimo do povo sofrido, com as taxas de altos impostos.  Hoje, a política, a economia e o poder jurídico – continua sendo, detentor dos poderosos>como nos tempos antigos>  enquanto o povo, não tem direito a “nada” a não ser “pagar impostos” e os mais altos ” juros” do mundo, “segundos os entendidos no assunto” Para os políticos, (tudo) – cada vez, ganhando mais – praticamente, para cada aumento de salário> mais de 70% > os cofres, pra eles, estão sempre bem abertos. Enquanto para o povo, os cofres, se fecham a sete chaves – e a chave, jogam fora. Causando com isso, uma briga entre os partidos políticos, e na hora de aumentarem o (salário mínimo) indo de 6% a 8% – é o máximo que o povo merece dos governantes. Enquanto os políticos, com os bolsos cheios – praticam a corrupção, subornos> por isto, a sociedade humana, é a réplica da sociedade medieval> que nem o Tempo. conseguiu mudar, a hipocrisia . a demagogia e a ambição, daqueles homens guerreiros – hoje, nada mudou, o “PODER” continua com os poderosos. E, nós, o povo, continuamos a ser, aqueles colonos, vassalos – que, mesmo com o passar dos séculos, continuamos sendo enganados, por estes políticos desonestos – que, através da ignorância do povo, coloca no governo, estes homens, sem DEUS no coração – indo, para a política, em benefício dêles próprios. Porque o povo, é apenas uma ponte, por onde eles passam, pissando por cima de todos, sem nem olhar ou agradecer.  Isto, é a verdade de nossos governantes – mesmo existindo algumas exceções, que nada pode fazer, senão, aceitar o jogo> caso contrário – está fora ou está, morto. Isto é a política de (ontem, de hoje e de sempre)

NÃO SE PODE> ficar limitado por uma religião, porque, somos espíritos infinitos> Mas, a religião, é um caminho! Não é a salvação de uma Alma> ela, é necessária…apenas, pra ajudar, certos corações, ainda (bruto, pelo estado mental) a se manterem numa linha, mais reta…perante a falta do ser humano e conhecer a sua própria natureza divina! Então, as crenças> criaram, leis> de acordo com seus  interesses, particulares! Onde, estes fiéis…desde Tempos antigos, possuem a chamada (lei do Santo, cuja lei, não tem o respaldo do Conhecimento da lei Maior!…a não ser dentro do sistema religioso…da própria crença……

A MORTE> somente existe para o corpo físico. Pois, o espírito não morre, ele é eterno – mas, diante do estado bruto do ser humano – o espírito no mundo, se encontra na morte – pela falta do conhecimento de não conseguir se achar no (EU).  Isto, é que motiva a morte da alma> quando, (ela) é derrotada pelos VÍCIOS…que levando o homem ao fundo do poço! Assim, num estado letárgico, o espírito chega ao plano espiritual, doente, dormindo, caído pelos caminhos escuros do Umbral>  Levando, ainda, um bom Tempo…anos…pra descobrir a sua própria verdade, a sua essência, a realidade do mundo e os erros> por ter negado a verdade do SER. Durante, sua passagem Terrena!  Então, vaga sem rumo, sem destino pela vida de mundo – cuja MENTE, foi movida pelo êxtase da ilusão – por não ter escolhido a VERDADE do SER> como s a verdade da vida. Isto, é a MORTE – eterna!  

MUITOS SÃO CHAMADOS>  para ouvir o conhecimento- mas, poucos dão atenção ou entendem. Porque, as coisas do mundo são mais interessantes, atraentes, do que a sabedoria, o conhecimento que liberta o homem da escravidão do mundo e do seu engano que sufocam o conhecimento – antes mesmo dele chegar ao coração, e, ao espírito.

AMOR VERDADEIRO> é um amor mais profundo.  Está além de um  mundo, perecível! Porque, é ele – o AMOR de DEUS!É o AMOR, que não trai, não engana, e se doa, por amor aos FILHOS, QUE AINDA NÃO CRESCERAM, COMO SERES ESPIRITUAIS!

TODO AQUELE> que através de seu conhecimento – ultrapassa os limites comuns do raciocínio humano, alcança a essência do espírito no SER> Aonde as palavras não se coaduna com as verdades do tempo atual – é visto como um louco ou então, um homem idemoniado, – porque, fala de coisas diferentes e além do que está escrito. E, a ignorância humana é como de um bugre – que, somente conhece aquilo que lhe foi ensinado em sua aldeia. O homem que vence o seu estado natural e entende o seu estado interior – torna-se forte no SER, ultrapassa o limite do finito, mergulhando no entendimento do infinito da alma – do tempo espiritual> aonde predomina sem vasilar o tempo de DEUS (Kairós) plenitude de tempo.  Porém, apenas preso as regras religiosas, o homem não consegue compreender ou entender o significado da vida terrena – por causa da destabilização mental contaminda pela materialidade de um mundo perdemos também a sencibilidade de compreender o próximo. Julgando, condenando, mediante aquilo que achamos ser o certo dentro de nosso entendimento de vida. Mas, a vida é mistério. A vida está muito mais além do que de fato podemos comprender ou entender como sendo uma vida. Deste modo, quando alguém vence estes limites demarcados pelas religiões,  – os doutores da lei – sentem medo de perderem a autoridade diante de seus seguidores. Assim, foi na época de JESUS e hoje, tudo continua igual. “Aquele que alcança a LUZ do conhecimento eterno – torna-se um louco, diante dos olhos dos homens, acostumados as luzes da cidade, e a ilusão de um mundo temporal.

                                   A FILOSOFIA> simplifica o melhoramento da consciência humana, para melhor entendimento do conhecimento material e espíritual. Obscurecidos pelas diferentes idéias religiosas ou caminhos, que o homem busca encontrar através do  Poder Maior. Mesmo que não tenha ainda o conhecimento do SER. Porém, aos poucos, vai na materialidade do mundo, perdendo o apêgo ao consumismo e também  as ilusões. Tornando-se mais consciente do conhecimento do absoluto da luz mantenedora de DEUS – sobre todas as formas de vidas – de suas criaturas existentes no mundo fenomenal.

FILOSOFIA> Deriva da palavra “grega” que significa – (Amor da Sabedoria)

FILOSOFIA>É buscar no próprio SER – o conhecimento de DEUS em cada uma de suas manifestações – no Universo e em todas as entidades vivas!!!

FILOSOFIA> Uma das ciências mais antigas da humanidade – tem como norte – satisfazer a eterna busca do homem pela “VERDADE”

TUDO ESTÁ EM DEUS> fora dele, nada existe – apenas o “VAZIO”

….E O HOMEM> fechado pela obscuridade de sua ignorância – busca mais a (segurança deste MUNDO) do que a segurança do Reino de DEUS!

O MAIOR INIMIGO DO HOMEM, É O PRÓPRIO HOMEM> pois, sentindo-se “inferiorizado” no meio de uma (roda de amigos) começa a falar “besteiras” porque, tem vontade de ser – o que (ainda não é)

BEM AVENTURADO> é aquele, que dá a sua vida pelo próximo, sem esperar recompensa.  Porque, o amor vai além, de todas as recompensas. Por este motivo, o Filho de DEUS – deu a sua vida, por AMOR de todos nós – pois, a essência do Senhor – é  AMOR, PERDÃO e CARIDADE. “Ele” é a Trindade em um só Nome…DEUS!       PAI, FILHO, e ESPÍRITO SANTO!      

 ESPÍRITO> deve sair da inércia da matéria, para  elevar-se ao cimo do corpo físico –  expandir-se mentalmente,  elevando-se em direção ao infinito da alma. Pois, por maior que seja a fé – maior ainda terá que ser o amor. Porque o amor é o fundamento da lei e o perdão, a coluna, que mantém o espírito e o AMOR de pé. 

A LUZ> ilumina o meu caminhar. Ela clareia a todos sem distinção – tornando todos aqueles que estão sob o seu afago, UNIDADE – porque, nela não existe, separação nem tão pouco, “Sombras,”  mas, LUZ.  Aonde, há sombras, quando a luz chega, a sombra desaparece, tornando-se luz.  Enquanto a mente humana, estiver envolvida com a vida material, perdida mais nas coisas que são do mundo, do que, nas coisas que são do céu –  sua mente estará restrita, nas sombras que povoam o mundo. Porque, o seu consciente permanece nas trevas da ignorância. E, somente quando o homem de livre e espontânea vontade, desejar procurar a região da luz. E se encaminhar, por sua vontade, a buscar o Reino da luz. Aos poucos, a escuridão irá se tornando mais ténue, e a cada passo, o homem terá  mais segurança – e a claridade, irá aos poucos se fundindo sobre as sombras, e os olhos, acostumados à escuridão da ignorância, verá surgir o sol radiante, que aquece e liberta a alma, antes, sem esperança de dias melhores.  Assim, através da luz, o homem tornar-se-á, espírito, e o SER, mergulhará na luz,  tornando-se UNO – com DEUS. Seja forte, e acredite – não estamos só no mundo. Acima, de nossos sofrimentos. Está a cruz de JESUS – nos cobrindo com seu sagrado manto!

O HOMEM> “atualmente, vive uma paranóia. A sociedade está sob o caos da violência social e urbana.  Enquanto os fora-da-lei, estão à solta – o homem de bem – vive aprisionado, encastelado em sua própria residência. Em verdade, o homem está subjugado pelo mundo e aprisionado também pelo corpo. Enquanto o homem não se libertar interiormente, também não será livre exteriormente. Pois, é somente com o (conhecimento do espírito) que pode haver libertação.

OS GRANDES EMPREENDIMENTOS> começaram a partir de pequenas oportunidades. Não jogue fora as  oportunidades que surgirem – por menor que elas sejam> porque, elas chegam trazendo outras. São como as ondas chegando à praia.

A ILUSÃO> ainda  é a grande demanda de nossa humanidade. Pois, é ela, a realidade que os homens vêem. Não acrediteis, nas  aparências, porque elas enganam os seus olhos, cegos pela realidade deste mundo.  A verdade, não está nesta vida – mas, no espírito encarnado na carne.  Não vos deixeis enganar pelos olhos, ouvidos ou aparências. Não vos deixais iludir com as “formas,” porque elas são os artifícios que Satanás> lança sobre a ingênuidade da criatura humana, cego por sua ignorância e ambição. Enquanto, que: “A simplicidade, é a roupagem, que a LUZ, se veste, na materialidade do mundo”

PELA “GRAÇA DE DEUS” > sou o que sou! Porque, o que sou – agradeço a “graça de DEUS” sem ela, eu nada seria – pois, não me deixei levar pela ilusão do TER> Mas, pelo SER interior, que mostrou-me quem de fato eu sou!

A RELAÇÃO HUMANA> se torna complexa, difícil, quando se deixa levar pela incompreenção do não entendimento entre os gostos e o modo de vida que cada um leva no seu dia-a-dia.  É o não saber perdoar, tornando com isso, o interior mais fechado as coisas naturais da vida. Porque, ao invés de focar, prestar atenção  ao seu próprio modo de viver e aprender a simplificar a vida que leva – prefere, se concentrar nos passos que o seu próximo dá. Esquecendo de que, nem tudo na vida é como aparenta ser. Os olhos enganam e os ouvidos também. Por isso, JESUS não julgou nem condenou Madalena – “a perdou”  A importância do saber perdoar> é grande. Creio que o amor e o perdão, são os maiores investimentos, que o espírito faz para alcançar o amor de DEUS.  Quando o homem nega o perdão ao próximo – ele nega o perdão a si mesmo.  Tornando-se mais duro interiormente, pois, aonde não existe o perdão, também não há o amor.  Em geral, o amor conhecido entre os homens é aquele mais corriqueiro, condicionado ao radicalismo – mais egoísta, possecivo.  Ele faz da pessoa amada prisioneira de sua paixão – que é bem diferente do verdadeiro amor > que liberta, constrói. Fazendo do homem, uma pessoa mais suave, alegre e respeitoso em seus princípios de viver em sociedade. Através do perdão, a vida fica mais branda, devido um conhecimento mais amplo das coisas da vida – porque o amor e o perdão, amplia o seu horizonte interior e exterior – o espírito retém em si, uma personalidade mais consciente no corpo – pois, sente mais equilíbrio e harmonia em seus sentimentos – os sentimentos pesados alí, não existem. O perdão, verdadeiramente liberta. Tanto um – quanto o outro que recebeu o perdão. Ele nos liberta das amarras da ignorância humana e do jugo das sombras. Porque, o amor – quando encontra aquele que sabe perdoar> deixa o homem intimamente consciente do espírito em DEUS.  Portanto> quando JESUS nos deixou o seu exemplo de amor e de perdão> nos fêz crê, que seria este o caminho mais suave, diria o caminho do meio, para se caminhar enquanto estivermos pisando nesta terra fria.

A VIDA> nasce do mistério – e retorna para o mistério.  A vida surge de dentro para fora.   Tudo o que existe de alguma forma ou maneira, vem à superfície vindo do SER.  Por isso, a necessidade de se limpar interiormente – para quando a “vida,” surgir no mundo – chegue limpa de impurezas, e, em sua verdadeira essência. A vida não é um acaso da natureza. Ela é a Luz de DEUS, vamos dizer assim.  Ela surge do interior do mistério de um conhecimento complexo à consciência humana.  E, conhecendo bem esse contexto: JESUS> nos falou: “O que contamina o homem, não é o que entra na boca – mas, o que sai da boca – isso, é o que contamina, porque procede do coração.”   Em verdade, é isto – a “vida,” não vem através do mundo – ela provém do nascedouro da vida eterna.  Todas as energias vivas, que circundam o sagrado universo – vem de uma única fonte.  Essa fonte é “VIVA” e nela vive o mistério da vida e da criação.  A morte nesse “meio,” é somente um espaço, um ífem – que arruma, a hora da vida entrar e sair do campo material.  O homem, para ter acesso a determinados mistérios, depende da transformação – interior- mental e espiritual. O seu estado vibratório sobre a matéria tem uma grande importância. É preciso que ele saia de seu casulo material e como a borboleta – transforme seu estado grosseiro num estado sutil, para assim, ter a capacidade de fundir-se nas dimensões de conhecimentos da LUZ, onde vivem os mistério da vida.

Pintura em tela “JESUS” (Artista plástico / Bartho )

A BIBLIOTECA do VATICANO>, tem mais de 40 quilometros de estantes, com pergaminhos, papiros, manucristos e originais de muitos Santos. Mas, o que tudo indica – é que, permanecerá escondidos, alí, para sempre. Muitas verdades veladas ao mundo – permanecendo somente o conhecimento superficial da história daqueles que tiveram acesso ao conhecimento absoluto de DEUS. Principalmente, do caminhar de JESUS na face da terra. Expondo ao povo, apenas o que pode ser mostrado, e cujos conhecimentos não levem o homem a debandar para outras religiões.

OS ESSÊNIOS>  são considerados como uma ramificação da ” Grande Fraternidade Branca ”  Originários do Egito, judeus – viveram às margens do Mar Morto, Palestina e no Egito. Também eram chamados de os Nazarenos.  Segundo consta em documentos secretos  de conhecimento da Igreja Católica – que procura guardar sigilo, acerca dos essênios (JESUS, conviveu com eles, no período entre seus 13 a 30 anos)  Por isso, na própria escritura esse período está apagado. Tendo apenas em suas páginas, o registro até os 12 anos – depois, somente aos 30 anos. Dos 12 anos até os 30 anos, nada consta na Bíblia Sagrada. Simplesmente um espaço em branco!  É estranho, como o homem, desde o início da cristandade, como a própria inquisição – burlou a lei, maquiou a verdade, mostrando apenas o que interessava o povo tomar conhecimento. A manipulação religiosa sempre foi o princípio básico, em que, a inquisição segundo os interesses pessoais, conduziu o conhecimento das coisas de DEUS.  A própria Bíblia> foi feita, sob a égide da política, Pois, o Imperador romano Constantino, por estar enfraquecido politicamente – buscou através do manuseio dos manuscritos dos apóstolos – suprimir alguns versículos e criar a escritura, para ganhar mais popularidade entre os cristãos. E, assim, firmar-se na política da época. E, a nossa escritura, deste então, veio sendo mexida nos textos, através das traduções de acordo com interesses pessoais. Entre todas as demais escrituras> foi a nossa a que mais foi desrespeitada em seus textos originais.

MAIS IMPORTANTE DO QUE TER GARRAFA PRA VENDER> (ditado de lutadores) / é o homem, não só dominar a técnica de luta – como suprimir o orgulho – vencer seu próprio instinto. Não permitindo que o ego, avance mais que o bom senso, pois, em verdade – o “ego,” é o pior inimigo do EU. A partir daí, fazer que a mente espiritual domine a mente material – pois, ela está usurpando o lugar verdadeiro da mente do espírito. O homem natural, bruto nos movimentos do SER – está a deriva, como um barco em alto mar sem remo. Assim, ele não tem direção, levado pelas circunstâncias da vida – não sabe aonde vai atracar. As ilusões enfraquece o homem e o consomem. Infelizmente, ele não tem a consciência do que seja a vida. Terminando refém de sua descontrolada mente material. ////////(Para aquele que conquistou a mente – ela é o melhor dos amigos.  Mas, para a pessoa que fracassou em fazê-lo sua própria mente será sua pior inimiga. )  ”  BAGAVAD  GITA”

O BHAGAVAD  GITA > Bíblia Índu – foi compilada na forma atual entre os séculos, 5 e 1 a.C.   Nome que siguinifica o Canto Divino. Ditado por Krishna (DEUS) divindade encarnada, que, oralmente passou seus conhecimentos  e sua lei> ao seu amigo e devoto Arjuna – em pleno campo de batalha de Kurukshetra – na vésperas de uma guerra. Isto, foi à 3.100 anos.

(Bhagavad -Gita)

ISOPANISAD> faz parte dos Srutis, os “Vedas,” os mais antigos. Eles oferecem uma oportunidade para ter uma melhor compreenção  espiritual> acima da plataforma de gozo dos sentidos.  Existem cêrca de 108 Upanisads  e entre eles, o Sri Isopanisad, um dos mais importantes, revela o aspecto pessoal da verdade absoluta.  Portanto: “devemos assimilar os ensinamentos atemporais deste Sagrado livro.”   

EM TODAS AS RELIGIÕES> o princípio básico é sempre o mesmo: “DEUS” e, DEUS, é o mesmo em qualquer religião. O homem, é que em sua ignorância e por não desejar dividir o conhecimento da lei, com outras religiões – nega o fato da igualdade divina, entre as partes religiosas. Inclusive, tem Igreja, que utiliza até, elementos ritualistas, usados pelo espiritismo.  O homem, em verdade, reluta, sabendo intimamente que estão errados – mas, o dinheiro fala alto, pois, é a manutenção de seus templos e de suas famílias – que os induzem ao erro da ambição.  Assim, desde que o mundo é mundo, ficam os homens se guerriando, sem nunca alcançarem verdadeiramente ao objetivo da verdade e do conhecimento – porque, não basta o conhecimento dos versículos bíblicos. Não é isto, que vai salvar a alma do homen. Mas, a intenção, os sentimemtos e a forma como eles falam ao povo de DEUS.  E, a nossa própria escritura, que desde os tempos de “Constantino” – seus manuscritos são manipulados, levando o povo a conhecer, somente aquilo que a igreja queria que fosse conhecido e acreditado.  Por isso, a Bíblia é a escritura mais fragilizada – que a humanidade, possui. Mesmo, que no ocidente, ela seja tida como aquela que conta a verdadeira história da verdade de DEUS.  Inclusive – é uma escritura, que muda de acordo com cada igreja em particular. Não sendo sido respeitada em seus fundamentos, isto desde o princípio. Enquanto, as demais escrituras, sempre foram respeitadas, preservadas, seja qual forem as religiões, elas continuam com seus textos sagrados, intocáveis. O Bhagavad Gita, é uma delas e a mais perfeita no conhecimento da humanidade e da espiritualidade – aonde, ninguém, move um tíl, por respeito a DEUS, que ditou oralmente as palavras alí, escritas. Infelizmente no ocidente, não se tem a respeitabilidade nas coisas de DEUS, a não ser, quando lhes interessa. A cultura ocidental, não é espiritual, mas, materialista.  Aqui, se vive em funsão dos desejos do corpo e do poder material. Por isso, as religiões, cresceram tanto> aproveitando a falta de conhecimento do homem na sua própria força, dada por DEUS – prometendo melhoras financeiras, prometendo os tesouros do mundo. Mas, o verdadeiro conhecimento, como sempre, é deixado de lado, dando ao homem promessas vãs. A Bíblia, é portanto, o único livro sagrado, que possui várias faces, pois, cada igreja ou denominação, possui a sua bíblia.  (Isto, é incrível!!!!!)    O HOMEM é de fato, muito ambicioso em obter as coisas do mundo. Falam tanto o Nome do SENHOR! Mas, apenas pelos lábios, porque no coração, mora o amor pelo “dinheiro e o que ele pode lhes oferecer!” Se, tivessem um pouquinho mais de respeito pelas coisas de DEUS> com certeza, haveria mais união entre os homens, e a terra, não estaria tão envolvida pela barbárie – quando, o mundo, a terra, nunca esteve, tão cercada por tantas igrejas, religiões e crenças – Todas, se indispondo, umas com as outras. Quando (oram) pro mesmo DEUS. Principalmente, do amor ao próximo, do perdão e da caridade.  Apenas, mudando a maneira de ensinar – mediante a forma de pensar de cada um – que busca em cada uma delas, aquela que mais agrada ao seu coração. São caminhos diferentes – mas, que, no final – chegara ao mesmo lugar!  Porém, mesmo orando ao mesmo DEUS> brigam, para obter bastante fiéis, em suas fileiras.  Relutam, na união, na unidade – porque na verdade, a luta, não é pela salvação de almas, mas, pelo poder no jogo de quem mais fatura. Por isso, eu digo: ” Não é o conhecimento nas escrituras, que salva uma alma > mas, o sentimento interior de um homem no amor de DEUS” É isto, que leva um SER, a casa de DEUS!

NASCIMENTO de KRISHNA>  adveio no planeta terra, no ano de 5.238 > pelo calendário Lunar!

KRISHNA – menino


MUITOS SÃO AQUELES> que desejam viver em Nome do Senhor! Mas, bem poucos conseguem realmente conviver com a verdade Divina.  Porque, os desejos na obtenção de coisas materiais é uma constante na mente material do homem – são mais fortes, do que as verdades inerentes da alma humana.  Pois, a mente estagnada pelas forças dos desejos – não consegue reter na consciência, a unidade do conhecimento absoluto> por estar o homem, ainda muito adormecido na carne> sem o conhecimento de sua própria verdade. Por isso nos disse JESUS: ” O espírito é forte, mas, a carne é fraca!”

O HOMEM> mede seus problemas, segundo os princípios básicos da intelectualidade e do pensamento humano.  Mas, se o homem medisse a sua vida e existência, pelos princípios do espírito – com certeza, ele se estabeleceria numa base sólida.  Aonde, as letras não estaria na concretagem do alicerce da coluna – mas, na consciência de que, no mundo tudo passa e vira pó.  Mas, a coluna que sustenta o corpo, jamais se abalaria com as intempérieis climáticas do mundo – porque, o homem estaria revestido da luz espiritual, tendo em seu interior, a unidade do SER.  Estando ele na verdade, na consciência de DEUS. (Isto, é andar em espírito)

ANDAR EM ESPÍRITO>  aquele que aprende a torna-se mais sutil, perdendo-se um pouco dos trâmides terrenos – geralmente devido o modo de pensar, diferente dos demais, não tendo, aonde encostar a cabeça. Então, a maneira de andar, falar, agir e pensar e, a visão descortinada da espiritualidade – confunde o homem natural, preso ainda ao sistema, regras, dogmas e teorias bíblicas, versículos decorados e manipulados por um passado, onde os reis e rainhas, ditavam as normas, mais interessantes para subjugar o povo.  Como foi o caso do imperador romano, Constantino. Nunca uma escritura, um livro sagrado – foi tão deturpado, quanto a nossa sagrada escritura. O ocidental, devido o tipo de cultura materialista, nunca foi de respeitar muito os textos sagrados, a palavra sagrada. Como os orientais> o “Bhagavad Gita”, a Biblia hindu – em verdade, é o shatra que rege as nossas vidas. Ela tem uns cinco mil anos de existência. Narrado por Krishna (DEUS) como sendo a essência dos Vedas – ao guerreiro Arjuna – seu devoto e amigo, num campo de batalha de Kuruksetra. Nunca tiveram a coragem para mexer numa linha, numa vírgula do texto original. E, mesmo que aconteça a tradução – o texto é respeitado em toda a sua essência. “O Mahabharata” atribuído ao sábio Vyasa – e o “Al Korão” e outras sagradas escrituras. Mas, nenhuma delas, foi tão manipulada, sem o menor respeito – como a nossa. Tudo em função da política, interêsses escusos e da manutenção de poder. Devido a estes gestos insanos, o homem ficou a mercê daqueles que desde o passado, através das más interpretações bíblicas, condenaram e mataram em nome de DEUS – e hoje, mesmo que aparentemente sejamos um estado laico – tenho as minhas dúvidas. Os poderosos, sempre se aproveitaram das dores e dos sofrimentos de um povo. Eles, são aqueles, que, nem entram no Reino de DEUS e nem  deixam os outros entrarem.  Se no meio de uma multidão, perguntarem: “Quem ama à DEUS?” Todos, com certeza levantarão suas mãos. Porém, somente pelos lábios. Senão, o mundo não estaria neste caos. Em verdade, o que fala mais alto em seus corações, são as coisas do mundo e os sentimentos contrários a Lei.  São eles:  o ódio, a vingança, a inveja, o ciúme e o rancor. E, campeando o homem, está o inimigo das sombras, trabalhando em seu derredor, incitando-o a se manterem nessa linha das segundas intenções. Desse modo, o amor verdadeiro dificilmente, germinará e será tão forte, ao ponto de ultrapassar as camadas de pensamentos negativos – que cobre o nosso planeta. Pois, somente o amor físico, se coaduna com a grosseira vibração  terrena.  Este amor, é proviniente da paixão – sentimento possessivo, vingativo, matando até em nome desse sentimento, que o homem chama de amor. Enquanto o verdadeiro amor, não mata, perdoa e morre por seu amor. Este é o amor que salva o espirito nas trevas.ANDAR EM ESPÍRITO> dentro da capacidade humana é muito complexo, porque é um universo que nada tem haver com religião. É um estado em que, o espírito transpõe a energia material – Libertando-se do corpo, mesmo estando ainda no corpo. O homem, mediante o seu conhecimento de sua realidade espiritual, desperta seu espírito no corpo e ele ascende no mundo, trazendo mistérios, conhecimentos e palavras espirituais, mais conscientes e determinantes no que seja a Luz divina. Onde, aquele que entra neste estado – suporta melhor as dores do mundo, sem lamentações e desesperos – porque, o espírito sabe, que neste falso viver, tudo tem uma razão de SER. Esteja o homem doente, alijado, passando por privações – ele sabe, que está sendo testado, preparado para conhecer até onde vai o seu conhecimento naquilo em que ele se diz conhecedor – como também foi JESUS  testado perante tudo aquilo em que “Ele,” se propôs – perante o homem.  Em verdade, estamos sempre em provas – porque as trevas, a todo instante tenta nos desviar do caminho da LUZ. Mas, se o homem está consciente e preparado interiormente – continuará em sua posição de fé. Isto, nos faz lembrar Abraão – quando DEUS o testou, fezendo-o  pensar que ele, teria que sacrificar o seu filho – E, Abraão, passou com distinção no teste. Muitos querem estar diante de DEUS, mas, não é tão fácil como parece – porque a matéria fala muito alto na vida física do homem. O poder material, o dinheiro e o luxo, torna o ser humano, refém de uma vida, que nada é, senão um momento de provas e mais provas. Assim, quando se acaba de fazer o teste – é hora de você sair da sala> digo: “FALECE.” Deixando tudo o que amealhou, para os parentes. Porque, nada se leva do mundo – pois, a verdade, não está aqui, mas, lá do outro lado da linha mortal.  Mas, o homem, por mais que veja a morte chegar perante o homem, ele continua a lutar por sua falsa vida e por um mundo que é também  pó.  Então, o homem espiritual, foge das divisões religiosas, ele não tem mais credo, raça ou cor, pois, a unidade entre as criaturas tornou-se natural. O espirito é UNO –  aonde ele estiver. Desde que ele esteja no comando da mente material – que geralmente é a dominante no seio de nossa humanidade.

A CONSCIENTIZAÇÃO> sem que haja uma consciência em DEUS – não se poderá enxergar a luz ou conhecer a verdade – o homem andará nas sombras – tropeçando nas pedras do seu caminho, porque estão cegos pela ilusão do materialismo e consumismo do mundo.

O LOBO DA NOITE> está de boca aberta, pronto a engolir os menos desavisados e despreparados. É sob o manto da noite, do sereno da madrugada na poeira da noite  – que as forças negativas, ficam a espreita, preparados para enrredar em suas teias do mal, aquele que estiver com a mente vazia de DEUS.

EM VERDADE> são nas coisas pequenas, que está a verdadeira sabedoria.  É preciso que haja no homem o bom-senso e principalmente o amor pelo conhecimento da LUZ – para aprender a sentir em seu interior, a força do saber, vindo além das letras – através do espírito da verdade, cuja manifestação faz o homem enxergar todo o poder existente, latente em seu SER.

DEUS É A FONTE > geradora de todo o Universo – a consciência que permeia as energias inteligentes, forças geradoras e sagradas, que trabalham em comunhão com a sua vontade, para o equilíbrio de todo um Cósmo.

IGNORÂNCIA> somente pode ser travada, com o “conhecimento,” paciência e bom-senso.

A LUZ> deve ser merecida e não presenteada. A vida sem a liberdade do conhecimento espiritual, não é vida, mas é viver na morte.

AS PESSOAS> só querem resolver seus problemas materiais – não querem resolver os espirituais. No dia da morte, todos os problemas materiais, acabarão, continuarão… mas, os espirituais permanecerão, porque eles – acompanharão o espirito, além da linha mortal.O AMOR TORNA A VIDA MAIS FÁCIL>  Mas, o ódio, a vingança, amarga o sentido real da vida. Enquanto o perdão faz o espírito elevar-se em sua essência – porque, foi assim, que JESUS, nos ensinou através de seu amor por nós> quando disse: “Pai, perdoai-lhes, porque não sabem o que fazem.”  Com estas palavras, nos ensinou, a tornar a vida mais suportável, perante as guerras, guerrilhas e traições do mundo.     Enfim: Diante de tantas barbárieis – no final de todas as perguntas dos porquês> (A última resposta cabe a DEUS!) Ele sempre sabe o que faz!!!

EXISTEM MUITAS VARIÁVEIS> para o caminhar no autoconhecimento. Na verdade, tudo depende da maneira de como o homem está mergulhando na “unidade” do (absoluto) do Sagrado. Quanto mais nos aproximamos da divindade, mas, nos tornamos sutis as coisas materiais. O espírito aos poucos vai ultrapassando os limites do seu cárcere do corpo, e alcança a sua própria consciência, sobre o físico. Não se pode estar no céu e na terra – ou você, encontra a verdade e fala pelo poder do espírito ou então pelas letras – cujas respostas procederão do que você aprendeu nas faculdades do mundo – mas, quando se fala através do  espírito, não se precisa buscar as respostas – como disse: JESUS> “…Não premediteis o que irá dizer, pois, as palavras fluirão de teus lábios” Teus olhos, teus sentimentos, tua mente, alcançará automáticamente o conhecimento, além da razão humana e das teriorizações didáticas. O conhecimento fluirá naturalmente – porque  o espírito falará por você – isto, é DEUS em sua vida – sem as imposições religiosas – porque no PAI, todos são “UM” a divisibilidade, está no egoísmo do homem. Faz parte da ignorância humana em não aceitar a LUZ, vinda naturalmente do seu próprio SER interior. Onde, a falta de fé, se impõe sobre o poder da alma. Assim, foi com JESUS e com todos os “iluminados” que falaram das coisas de DEUS, sem credo, raça ou cor.  …E, foram chamados de (demoniados) temeram um conhecimento aliênengena aos seus critérios, vinculados aos desejos pessoais e bens materiais.  Por isso, quando o espírito fala, além do consciente – o homem, se torna só.

O HOMEM> sem antes obter o domínio das paixões – possívelmente, também não dominará nada exteriormente.

PENSADOR de DEUS> diante do paisagismo deste mundo – vejo tudo como uma cortina de fumaça, onde a história da vida, não é mais que uma simples “neblina” que, com o passar do tempo, se dissipa – sem que o homem cego pela ilusão, note a diferença – então, descubro, que na verdade, a vida do homem, não é mais que uma parábola, contada pelo seu destino – por isso, JESUS, notando o domínio da ilusão sobre a humanidade, seguiu o curso da falta de conhecimento dos homens nas coisas de DEUS. Como crianças, brincando de gente grande – JESUS, lhes falava através de “parábolas” historiando seus contos, para melhor o homem  refletir e entender os ensinamentos de DEUS.  A humanidade estava cega e continua cega, sem perceber a realidade de sua existência na materialidade mortal, desse mundo. Poucos entendem o meu pensar – porque, estão agregados as letras -acreditando mais nelas –  porém, é no espírito que se encontra a verdade e a unidade de uma civilização.  E, da espiritualidade, permeando toda a natureza  material e  espiritual – onde não se mede  nada pela intelectualidade ou a razão, mas, pelo SER interior mergulhado no corpo, comprimido pela carne, privado da plenitude de seus conhecimentos interiores -tornando-se, então, frágil as vicissitudes da vida material e dos muitos segredos ocultos no tempo.  JESUS: “O ESPÌRITO É FORTE, MAS, A CARNE É FRACA” 

NO CÉU> somente entrará quem tiver parte com DEUS – Nem a Igreja, nem outra qualquer religião, terá previlégios – porque em DEUS, não existe, credo, raça ou cor – apenas a UNIDADE – aonde, reside todo o poder do Senhor!  DEUS é UNO – e, enquanto o homem não aceitar essa totalidade – continuará ele, a teimar na soberba, vaidade, orgulho e na busca pelo poder material. Por isso, a humanidade sofre as consequências de seus atos abruptos – contra a Lei Maior. Somente o amor constrói! Tanto na carne, quanto no espírito! Enquanto o homem, não se limpar por dentro, não esvaziar sua mente dos maus pensamentos> nada, e ninguém, poderá ajudar a esta pessoa. “Ajuda-te, que eu te ajudarei” Assim, está escrito!

REDUNDÃNCIA> sei, que aos olhos do homem, sou redondante. Mas, sou assim, bato sempre na mesma técla – pois, o homem é escravo da servidão do mundo. O homem se arrasta, escavucando pelos caminhos e pedras do mundo, uma maneira de chegar no auge do poder material – sem ao menos sentir, que a vida no mundo é méra ilusão – o  homem quer na sua ignorância, forçar e transformar a “mentira de seus atos e más intenções” na realidade da verdade espiritual. Crendo nesta hora e fazendo os outros acreditarem nisso.  Alimentando o corpo e deixando o espírito, com fome de DEUS.  Assim, como posso ir adiante de um conhecimento, se o homem não crê em sua própria força interior. Ficando sempre a mercê de regras e dogmas religiosos. Sempre escravo do finito – quando na verdade, é o espírito que se veste de homem, para cumprir a vontade de DEUS.  Como disse JESUS: ( “Se falando das coisas deste mundo, não me entendes, como me entenderão se eu falar das coisas eternas”) como também disse o mestre: (“Ainda tenho muitas coisas para dizer, mas, agora vocês não seriam capazes de suporta” Jó 16:12)  Isto, é a realidade humana. Sempre dispostos a viverem na mentira do que terem a consciência da verdade divina.   Por este motivo, escrevo neste BLOG – a palavra e certos mistérios do espírito, que as “letras” não contam> dependerá somente do coração de cada um entender e suportar a verdade do Espírito Santo de DEUS! Bem: ( Isto, é apenas, o primário, dos primeiros degraus da casa do PAI!!) Além, daquilo,  que os seus olhos tomados pela ilusão do mundo, podem enxergar!!  Incluindo que, o homem não é dono de nada – nem de seu corpo, nem do carro… Aquele que se diz dono – deveria ter total controle sobre os seus bens, principalmente sobre o seu corpo físico. Porém, não tem. Porque, permite que aconteça coisas, que sai fora de sua vontade. Então, que dono é esse,  que não tem o comando de seu corpo. Pois, vem a doença e o toma ou a sua casa – vem o vento ou o fogo e a derruba. Nada temos de nosso neste mundo – somente o tempo necessário para aprendermos a crescer no conhecimento da verdade, além da razão deste mundo.

CONHECIMENTO PARA A LUZ> a vida para o homem natural, ainda é mistério. Porém, o espírito se veste de homem para mostrar o poder que o espírito possui – no interior do SER- com os dons, provinientes dos mistérios da LUZ – porque o homem, para obter o conhecimento, terá antes, que passar pelos mistérios, porque são eles, os caminhos que nos levam ao mundo superior de DEUS – Ninguém entra direto na faculdade, sem antes passar pelo primário. Assim, se o homem vive por viver, ele não será diferente de uma folha, que cai da árvore levada pelo vento.

A LUZ VENCE O MUNDO> que o homem possa manter-se firme – equânime,  no meio da  batalha cirrada. E, mesmo cercado pelo inimigo, seja forte na fé – como uma rocha e confiante na vitória. Ele crê em DEUS, sabe que não será abandonado no campo de batalha. Porque. diáriamente, ele emprega a sua mente, a sua força, o seu pensamento e a sua vida – louvando ao Pai que está no céu.  E o espírito, forte e consciente em sua natureza divina, segue em frente, sem se deixar abater pela “fúria do inimigo,” que tenta a todo custo derrotar os filhos da luz – então, o inimigo, gira, gira, gira – mas, não entra. Porque a luz vive naquele que é da luz. E, se as trevas tentar entrar, no seio dos filhos da luz, será consumida pela LUZ.   O homem que pensa lutar sozinho, se engana. Mediante a fé – DEUS, permanece com ele, até a vitória final. É assim, que os filhos de DEUS, vencem o mundo!!!

FILOSOFIA> é um ensinamento dirigido a consciência do ser humano, que convida o homem à reflexão consciente!

A MENTE> é a voz da alma. Uma mente doente, faz do homem um ser completamente distabilizado em suas obras, palavras e ações.

A FÉ> remove montanhas, e o conhecimento, é o cajado que nos ampara na subida da montanha sagrada, onde mora DEUS. A verdadeira fé> torna a alma, o espírito, mais consciente, de que, além do mundo – existe algo maior que a própria vida do mundo. A mente, conscientizada nas coisas do alto – faz a dor, menos latente, menos contundente no corpo carnal.

VAMOS NOS REVESTIR DE LUZ> no poder do espírito interior, para buscar a UNIDADE, que nos falta, por estarmos tão concentrado no mundo! Por isso, o motivo de tanta violência, bárbarie – porque, infelizmente, a humanidade fala mais pelos lábios, do que pelo espírito ou pelo coração. Precisamos nos conscientizar do poder do espírito na carne – como disse – JESUS:” O espírito é forte, mas a carne é fraca”  O conhecimento liberta a mente subjugada, pelos desejos materiais – e, a expõe à LUZ Divina – permitindo então, que o homem cresça interiormente  na consciência de DEUS.

YOGA> a prática da yoga, não está destinada para alcançar nenhum tipo de facilidade material.  Mas, sim para capacitar a cessação de toda a existência física. Segundo o ( Bhagavad-gita) Escritura Sagrada do Oriente – a Bíblia índu –  o shastra que rege as nossas vidas – segundo o conhecimento oriental.  Aquele que busca aprimoramento na saúde ou aspira a perfeição material, não é um yogue! A yoga, nos liberta da matéria e nos liga à DEUS.

DEUS> é mistério e vida – E, em cima de seus mistérios, DEUS, através da vida cria todo o Universo. Onde, os mistérios são a fonte de toda criação, encanto e desencanto – controlados pela ordem divina.   Por este motivo – ninguém é absolutamente sábio o suficiente, para entender  o absoluto!   Para se alcançar  o (todo) necessita do conhecimento dos mistérios de cada elemento de cada reino, mineral, vegetal, animal e homenal, como também dos astros do céu e toda a sua vastidão.

YOGUE> se diz, que uma pessoa está estabelecida em auto-realização e é chamada yogue (ou místico) quando está plenamente satisfeita em virtude do conhecimento e da realização adquiridos.  Tal pessoa está situada em transcedência e é auto-controlada.  Não se pode tornar-se consciente em DEUS, simplesmente através das letras. A pessoa deve ser afortunada o bastante para se associar a conciência divina – tornando-se assim, consciente, pela graça e misericórdia de DEUS.  Assim, o yogue – possuindo o controle do corpo, mente e atividades, alcança a sutilidade do Reino de DEUS – pela cessação da existência material. Diferente da (yoga)

JESUS> “Eu sou Alfa e Ômega, A e Z – o princípio  o fim!”  Enfim, o homem é o Templo de DEUS vivo – porque em verdade, toda à humanidade é cristã – porque, todos os homens são filhos de DEUS. A igreja, como sempre divide o rebanho pela crença de cada um. Mas, cada um está no mundo e vive no mundo, de acordo com a luz, que cabe a cada espírito – no entendimento do Reino de DEUS>  não deixando por isso, de ser um filho da LUZ.  Em verdade, JESUS – ilumina a consciência religiosa de cada homem, a buscar o seu “caminho” a sua religião, de acordo com a visão que ele tem na vida e com a sua posição interior – pois, nem todos os homens estão prontos a entenderem o Reino de DEUS. Assim, disse JESUS, quando interpelado por Pedro – se eles entrariam no Reino dos céus.  Então disse JESUS: ” A vós é dado conhecer os mistérios do Reino do Céu – mas, a eles não é dado….por isso, lhes falo por parábolas, porque vendo eles não vêem, ouvindo eles não ouvem nem compreendem, porque o coração deste povo está endurecido.” Assim, é a vida. O mundo sempre mais forte do que o homem. Domina-o como uma serpente, em seus fortes anés. Enquanto o espírito, é soterrado pelas vicissitudes da vida material.

MISTÉRIOS VELADOS> por causa da falta de fé do homem, em não crê – naquilo que está além de sua concepção de vida – temos um bom exemplo – mesmo convivendo com JESUS, Tomé não creu na ressureição do mestre. Somente quando tocou nas feridas. Assim, é o homem. E, quanto mais intelectual ele for, menos acreditará na presença da LUZ em sua frente. Por isso, os simples de coração são sempre os escolhidos por DEUS. Disse o mestre: “Se alguém quizer vir após mim, renuncia-se a si mesmo, tome sobre si a sua cruz e siga-me”  Só, que poucos, bem poucos aquentarão a renúncia as coisa do mundo. Falar de DEUS com a barriga cheia, isto todos fazem, mas, falar de DEUS, com a barriga vazia, isto, nem todos suportariam. Porque o amor à DEUS é inferior, as coisas deste mundo.

PRA ONDE (DEUS) TE LEVAR….SIGA>  seja, geográfico ou posicional, não se perca nos pensamentos, não murmure, nem saia da rota – pela qual foste indicado a seguir.  DEUS é o Senhor! Nós… seus filhos.  O importante é a fé e o amor – porque, quem verdadeiramente crê, não perde a cabeça na hora da dor -” lembra-se”, que JESUS, nos deu o exemplo de sua dor, sofrimento e sangue. Para que, quando chegasse a hora de nossa prova, nosso teste, pudéssemos suportar com resignação.

O HOMEM NA VERDADE DEVE SER TRADICIONAL> na própria essência de sua força, poder e fé, que a alma trás de sua fonte de luz – aonde, tudo está resumido na consciência de seu estado mental com DEUS.  Sabendo que este momento na terra é apenas um sonho.  Que ao despertar, nos vemos vivos – mas, na realidade do espírito, à vida física – é um sonho –  apenas, dormimos na carne. E, ao despertar do jugo da morte, descobrimos que estamos “vivos” e desperto dos enganos da vida no plano físico – pois, enquanto estávamos no mundo> dormíamos, num longo e inquieto sonho da ilusão terrena.

A VERDADEIRA AMIZADE> segundo a letra de uma música:  “Amizade, palavra fácil de pronunciar, mas difícil de se encontrar” Porque, o mundo de hoje, principalmente depois do surgimento da informática – tornou-se frio como o computador.  (Uma boa amizade hoje, vale – quanto se tem no bolso! ) Significa que, também, ela é falsa. Pois, é uma amizade plasmada no poder aquisitivo.  Então, é mais fácil existir uma verdadeira amizade entre a classe dos “pobres” do que entre os “ricos”. A riqueza geralmente desvia a atenção do homem para o (PODER), enquanto a pobreza, quebra mais o orgulho do homem, deixando-o mais próximo de sua identidade como espírito.  Por esse motivo, São Francisco de Assis, preferia ser um pobre, do que ser rico, -pois, vinha ele de uma família rica. Porisso, sabia que, se o dinheiro entrasse em seu grupo, iria tirar dos monges, a simplicidade espiritual.  E, foi o que de fato aconteceu. Quando São Francisco, teve que se afastar por um tempo. E, ao voltar ao mosteiro, encontrou seus monges em grande fartura, que, inclusive a Igreja católica ostentava. Então. ouve uma divisão – porque, em verdade, é o que acontece, quando o materialismo, o luxo, o consumismo, penetra dentro de uma entidade religiosa ou em qualquer casa> a simplicidade morre  a ambição surge, e o mal alí, entra. Porque, isto faz parte do jogo das trevas. Causando suas pertubações entre religiosos e entre todos aqueles que se sentem atraídos pelos tesouros que o mundo lhes oferecem. O mundo está neste caos, devido justamente a estes espíritos da ganância, que São francisco, em sua santa sabedoria, tão bem queria evitar  – dentro de sua seara.

Mestre Jesus

PROCUREMOS SENTIR A LUZ> sentir à DEUS > sem o olhar  da razão humana – que não te levará a lugar nenhum – a não ser, ao próprio mundo fenomenal.  Mas, diante da LUZ – serás, um homem sábio, de grande sabedoria e de puro coração.  ” O homem, pode enganar o homem, mas, não engana a DEUS.”  Preferível é calar a boca e apenas ouvir – porque, assim, errará menos diante dos olhos de DEUS!

AONDE ESTIVER  O TEU CORAÇÃO> ali, também estará o teu espírito!

O HOMEM MORRE> porque ainda não se encontrou consigo mesmo. Não aprendeu a mergulhar até o seu EU. Não encontrando a verdade do sentido da VIDA!  Quem conhecer de fato a vida – alcançará a verdade da LUZ eterna, e não será tocado pela MORTE.  Não conhecerá a MORTE.  Porque,  o homem, pode matar o corpo – mas, não  pode matar o espírito – pois, está ele, muito além da razão e da intelectualidade humana. A vida do mundo perece, mas, a vida da alma, é etena – não morre jamais.

FALO O QUE SINTO > não, o que aprendi nas letras – mas, o que está em mim – não busco na mente, algo que aprendi nos livros – mas, o que “flui dentro de mim” – O verdadeiro conhecimento do absoluto, não reside fora, mas, dentro do homem!  Cabe a cada um, mergulhar no EU e trazer à tona, o tesouro divino, enterrado no interior humano – pelas vicissitudes da vida material.

TEMPO DE DEUS> por sermos imediatistas, temos muitas dificuldades, para entendermos “o tempo de DEUS” em nossos caminhos terrenos – por estarmos ainda tão divididos e distantes da consciência divina. Nos perdemos na ilusão do mundo das formas.

REGRAS> vamos objetivar! Buscar o ponto de equilíbrio… não se pode confundir, intransigência com sabedoria.  Intelectualidade, com o que está além da vida e da morte e do espírito na carne. –  porque uma coisa não se sustenta na outra.

CONCEITOS RELIGIOSOS> devemos rever melhor  estes conceitos – porque, “Não é só de pão que vive o homem” (JESUS) É importante saber e entender, que a consciência divina, deve estar sempre na predominância da mente material. O homem tem a tendência de confundir (DEUS) com as crenças. DEUS, não se divide – quem divide, separa é o homem, em querer medir as coisas santas de DEUS, embasado na razão e na lógica humana. Por isso, as religiões não se unificam, mesmo que glorifiquem o mesmo DEUS. O homem não entende, que o espírito é “unidade.”  E, enquanto a humanidade continuar dividida em suas crenças – serão como a “TORRE de BABEL,” cada um puxando pra um lado, como um cabo de guerra. A verdadeira riqueza do homem, não provém do exterior – mas do interior, porque é o conhecimento da alma  que se soprepõe as ilusões do mundo. A virtude humana está no equilíbrio. Portanto, somente na Unidade, o homem alcançará a sua verdadeira personalidade espiritual. Enquanto isso, não acontece. As sombras povoam as mentes viciadas nas coisas do mundo – e o homem fica a deriva, clamando, Senhor! Senhor! Mas, sem que seu SER, esteja conscientemente desvinculado das coisas materiais. O vil metal, ainda é o que fala mais alto no coração do homem. Assim, DEUS, continua a esperar que homem acorde na carne, e o espírito triunfe sobre a matéria.

FALAR DAS COISAS DE DEUS, pelas letras é fácil – porque, é apenas uma recitação do que leu, decorou e aprendeu> mas, falar do Senhor do céu, pelo coração, é necessário fé, pois, quem fala não é o homem, mas, o espírito que nele habita – trás, à tona, a verdade de cima, onde poucos são aqueles que conseguem ter este previlégios> de conhecer a LUZ interior e ouvi-la a falar de DEUS. São conhecimentos maravilhosos, tão lindos, que é de difícil tradução. Digo: Transcrever o que vem de dentro do espírito, para a matéria. É como não houvesse tradução, para o mundo, tamanha é a misericórdia, de ouvir, o que DEUS nos fala, num corpo de carne, osso e sangue!   Grandes são os mistérios do Senhor, que poucos conseguem entender ou crê – pois, as mentes humanas contaminadas, por tantos desejos ambiciosos, vedam, a LUZ, que tenta passar por entre as frestas da alma no corpo físico – mas, é logo trancada no calabouço da carne.  Assim, diante de tanta fraqueza, o homem não acredita, que o seu próximo, alcance um espaço, entre DEUS e este mundo. Por isso, aquele que tem a LUZ, torna-se só no mundo. Onde, ninguem o quer, ou então o chamam de louco> porque, ele fala daquilo, que o homem não gosta de ouvir – “da liberdade interior” Porque, infelizmente o homem ainda é mais matéria do que espírito.  O conhecimento está dentro de cada homem, mas, ele só acredita no que vem de fora, não crê, no que vem de dentro > Por isso, JESUS dizia: “O que macula o espírito, não é o que entra – mas, o que sai > é isto, que torna o homem impuro”  Tudo que vive fora perece, mas, o que vive dentro, o que sai- isto, pode ser positivo ou negativo – porque provém do espírito!  Assim, eu tento, mostrar um caminho mais sutil, porque o mundo está muito pesado e frio de amor> mas, quem tiver um coração puro ou mais crente, no que está além da visão humana, talvêz possa me entender e compreender estes textos, onde lanço, um pouco do conhecimento, sem tentar desviar ninguém de suas crenças, porque elas são necessárias, mediante o coração de cada homem – que busca o seu caminhar diante dos olhos de DEUS. Então eu vivo, sem credo, raça ou cor> sou como o sol, a chuva, o ar, o tempo > estou diante de todos, porque isto é a unidade, que a LUZ divina nos entrega, quando nos dá o conhecimento sobre o espírito na carne!

Pintura em tela “JESUS” ( Artista plástico / Bartho )

APRENDA A TER A CONSCIÊNCIA DO ” EU” > deixe o sol, a luz entrar no seu coração – e elimine, todas as sombras existentes em teu interior.  E, DEUS se manifestará em ti.  Não se deixe enganar pelo visível, que é perecível, e nos faz cair nas mentiras do mundo.  É o que você não enxerga, que faz mover todo um Universo – é o invisível, que nos faz permanecer de pé, ante o paisagismo da mãe natureza.  É a contínua ignorância humana, em negar o óbvio, o que está além do além, que faz a humanidade desde os primórdios dos tempos a se destruír, uns aos outros.

OS VENTOS> que as vêzes tiram algo que amamos – são os mesmos que trazem algo que apredemos a amar…..  Por isso, não devemos chorar pelo que nos foi tirado, e sim, aprender a amar o que nos foi dado!  Por tudo aquilo que é realmente nosso, nunca se vai para sempre!

POLÍTICA > arte de mudar de cor, como faz o camaleão.  Ela se transforma, conforme a necessidade – e ataca, como um tigre, os menos despreparados.  Onde o ato, de “mentir”, é a principal arte de articulações, unidas as falsas promessas > suas principais armas – para obterem os (votos) que os levam ao “poder,” do senado. Nem que para isto, a dor e o sofrimento de um povo – toquem seus corações – cujas energias, podemos dar o nome de (ganância) – mesmo, que haja as “exceções,”  a má qualidade política – supera as demais, que se perdem por entre os escandalos dos subornos, corrupções e corrompidos. Em verdade, isto, é a política! E,ninguém se  asujeita a “ela”, se não for por ganho de causa.

OS DOUTORES DA LEI> muitos são aqueles, que dizem entenderem empíricamente do poder espiritual – pois, acreditam, que, através dos textos bíblicos, estarão salvos, enquanto os não seguidores da doutrina cristã, estarão fadados a ficarem a deriva, no mármore do inferno – ou melhor dizendo:- sob o  comando de satanás. Aí, vemos, o quanto ainda faltam  conhecer, os mistérios de DEUS. Não basta somente clamar, o nome do SENHOR, mas, tê-lo no espírito, amá-lo de tal maneira, que a ilusão do mundo e seus luminares, não os iludam, porque, em verdade, a salvação, não está no conhecimento  (da bíblia) mas, na unidade, entre as criaturas de DEUS e a conscientização, que DEUS, vive em todos os homens porém, nem todos infelizmente, vivem em DEUS> porque o apêlo do mundo, é mais forte sobre a humanidade. A carne é fraca. Pois, a mente está ainda muito retida no plano físico – sendo assim, com todo os seus conhecimentos, que dizem ter do Pai, se perderam no meio de tantas “denominações”  quando deveria haver somente uma igreja>pois, existe somente (UM DEUS) porque, tantas igrejas e cada uma – puxando para um lado> como se a palavra de DEUS, fosse um (cabo de guerra) ou melhor, (uma torre de babel) onde, ninguém entende ninguém – e o nome mais escutado, ao invés de JESUS> É satanás.  Por isso, não avançam além do visível. Enquanto DEUS é LUZ e energia positiva – satanás é trevas e energia negativa – aqueles que dizem ser de DEUS, pronunciam mais o nome (de satanás) do que o Nome de Altíssimo!  Realmente a religiosidade humana, está deteriorada pela falta do conhecimento, que liberta – ao invés de aprisionar e negar o espírito, além da carne!

ESPÍRITO> o homem é um espírito que está num corpo – Não um corpo, que está num espírito.

Pintura em tela “guardião do Oriente” (Artista plástico / Bartho)

OS DOUTORES DA LEI> nos princípios dos tempos por ignorância do verdadeiro conhecimento da lei – eles costumavam ultrapasar os direitos humanos –  estes religiosos, através de seus egos e desejos pessoais e poderes políticos, prejudicavam e aniquilavam muitas crenças – como o budismo, celtas e outros … acusando-os de profanos – quando a própria igreja, infrigia a lei cristã. Quando mandava matar em nome de DEUS, queimando suas vítimas ou enforcando-as.  Assim, foi que, muitos documentos, e textos sagrados, foram destruídos ou escondidos. Para que, o povo não tomassem conhecimento de escritos que pudessem libertá-los do poder da igreja.  Hoje, mesmo estando as relagiões abertas> não existe em verdade, “união,” entre elas – mas, um velado distanciamento – aonde, cada uma diante dos fiéis,  quer ser a eleita da verdadeira palavra, do conhecimento divino,    Sendo ainda a Igreja, a mais conservadora e persistente nas suas doutrinas e dogmas que, perdida na essência da palavra cristã – sob a força da ignorância sécular – movida pelo materialismo e poder de controlar um povo – fazendo-o julgar e conedenar as doutrinas das demais religiões, sem conhecimento de causa – apenas, tendo como base, versiculos decorados, sem entender na verdade,  as entrelinhas da lei de DEUS

OS HOMENS> se esqueceram de suas “almas,” para se ocuparem apenas de seus corpos!

O AMOR> por si não existe, não vive – se nêle não habitar o (perdão).

OS DOGMAS RELIGIOSOS> não libertam, retém o homem no finito, deixando-o num círculo vicioso, onde, ele não entra, nem sai, no conhecimento do espírito. Em verdade, a religião e a igreja, com suas regras, leis, aprisionam a humanidade.  Assim, como prendem os pássaros nas gaiolas – não dando chance, deles viverem em liberdade. O homem, também condicionado pela sua forma de cultura religiosa, não permite ao espírito, elevar-se ao infinito e no saber de sua essência.     Haverá a hora, em que a mente espiritual se levantará das profundezas do SER – emergindo para a luz da verdade interior e da unidade em todas as criaturas, aonde somente DEUS será o seu “TODO,” pois, o homem entenderá o sentido do “viver,” no absoluto – sem credo, raça ou cor!   Em verdade> será o Espírito Santo a predominar na palavra, obra e ação do homem – porque DEUS é o SENHOR!  Aquele que mergulha no (absoluto) alcança o conhecimento  espiritual – mesmo que a morte possa parecer tocar o corpo, ele não “estará na morte,”  mas, na vida!  Pois, nesta vida em que o homem entrou, não existe a interferência da morte causada pela ignorãncia humana.(A morte é justamente um estado mental, da não consciência de sua verdadeira identidade espiritual.)

A LUZ DE DEUS> a luz da vida, que permeia a todos os sêres. Que os homens entendam, que é somente através do “Amor Verdadeiro,” que a humanidade poderá alcançar a paz, sem credo, raça ou cor – Porque DEUS é “UNO.” E, enquanto o espírito, não estiver consciente da unidade interior > as religiões, continuarão sendo apenas, um caminho de volta pra casa. Uma trava, que retém, a alma de seus instintos inferiores. O espírito necessita de uma comunhão diária com o “altíssimo.”  Sem absorver a energia da luz, o espírito enfraquece, mesmo que o corpo esteja sarado. O que vale, é quem sustenta o corpo – e, quem faz isto, é o espírito.

A VIDA DO HOMEM> o viver nesta hora, não é simplesmente, comer, dormir, trabalhar e fazer sexo – mas, obter  a conscientização de sua verdadeira identidade, como espírito sobre a carne.

O LIVRE-ARBÍTRIO> mata-se o corpo, jamais o espírito. O corpo não é mais que uma casca, uma roupa que envelhece> sendo então trocada pelo espírito – numa nova reencarnação – O espírito não envelhece. É eternamente jovem e eterno.  Por mais que o homem, procure matar o homem – o espírito continuará na sua trajetória imigratória, porque a alma é etena, mas, o corpo é pó, e para o pó voltará –  o espírito viverá para sempre, seja na LUZ ou nas trevas – (que é morte.)  A escolha é do homem, de seguir o caminho certo ou errado, “ele” decidirá o seu modo de viver e qual o camiho a seguir.  Pois, DEUS nos concedeu o livre-arbítrio, de ir e vir> LUZ e SOMBRA – AMOR e ÓDIO> isto é de fato, a grande verdade do homem – cuja escolha de seguir a lei ou não – pertence ao ser humano.

AS NOSSAS FRAQUEZAS> nos condenam interiormente – até o dia, em que a mente se libertará do TER –  alcançando o SER interno. Então, o homem quebrará o “elo,” material, fazendo que o espírito se eleve a grandes proporções, transcendendo a matéria grosseira do corpo – se tornando realmente consciente, onde o espírito, subirá à tona de sua realidade espiritual, aprendendo com isso, a separar o trigo do joio. A luz das trevas. Sentindo no espírito a realização do “Autoconhecimento.” Que, não nos chega pelas letras> porque, o autoconhecimento, vem de dentro pra fora, pela sencibilidade de um coração puro. Onde, a harmonia interior, são as bases que nos levam a conhecer o espírito na carne, a palavra e a Lei. Dando ao analfabeto, acesso, ao caminho secreto para a verdade da Luz. Inclusive, é sempre mais fácil o humilde, alcançar a verdade divina e seus mistérios > do que os doutores da lei.

O MISTÉRIO>  se inicia no princípio do universo, até o início da vida, onde tem a continuidade na eternidade da criação – que é o início de todo mistério. Ele vai além do além, do além do saber humano, até o sopro, o verbo, a palavra do conhecimento de DEUS, em toda a sua glória de seu infinito universo. Que sempre estará mergulhado e “velado,” aos ímpios, num grande e eterno mistério, que surge de outros mistérios, vindos de cada manifestação das personalidades da graça de DEUS.

AMIZADA  VERDADEIRA> é aquela que ultrapassa as convenções, as barreiras da falsidade e ambições – onde, a hipocresia não existe. Mas, a vontade sincera de estender as mãos com verdadeira honestidade e muito amor.

OS CAMINHOS DO CORAÇÂO> é inerente a tudo que o homem pode conhecer ou entender. Porque, são caminhos, onde somente DEUS, sabe andar. São caminhos, cheios de mistérios – assim, quando se entra nestes caminhos, com um verdadeiro amor – tudo se ilumina, ficando mais fácil de alcançar a essência da LUZ, no coração humano.

O MEDO>não tem cara, porque ele age através da sombra da ignorância.

OS SÊRES HUMANOS> não comungam dos mesmos pensamentos. Cada pessoa, pensa e age, segundo o seu coração > uns suportando as dores e outros não. Devemos pensar e analizar o porquê dessa diferença. E o poder, que nós possuímos internamente, para suportar as dores do mundo. Porque, os mestres a suportaram e venceram o mundo – se nós, somos os Filhos da luz. Basta que tenhamos a consciência da Luz Divina, que habita em nosso interior e o exemplo que JESUS nos deixou>quando por esta terra passou e  sua crucificação “Ele” suportou, sem lamentações, deixando para nós, sua fé, sua coragem e sua certeza, que o mundo é apenas um momento. O importante é saber que a única “verdade existente” nesta terra – é o (espírito) porque, matam o corpo> mas, não matam o espírito – por isso, JESUS VENCEU O MUNDO!

MEDO DA MORTE> Não se deve temer a morte.  Quanto mais cedo você se lançar na luz do teu interior – tanto mais cedo, a morte desaparecerá, sob a luz do espírito eterno.

PORQUE TEMER À MORTE?> se ela é somente uma ponte para o Reino da “VIDA.” (O corpo não é mais que um vestido velho! – JESUS)

MORTE> o caminho por onde o homem passa para a vida.

MORTE> a morte física nos liberta para a vida – quando temos em nós a consciência do que seja a vida.  Mas, quando não temos a consciência da vida> ficamos na morte – existente na vida terrena e também na eternidade.

MORTE> auxência de vida, trevas, escuridão, ignorância no que está além da alma e do conhecimento das coisas de DEUS. Conhecimento velado para o homem de coração bruto – mas, aberto para os escolhido que são poucos – perante um mundo onde a ilusão é a perdição do espírito. Em verdade, a morte é pura falta do entendimento do que seja realmente este fato. Porque, quem morre não é o SER, mas, o corpo. Pois, o espírito é imortal>continua…

MORTE> é um estado mental, para aquele que não aprendeu a conhecer a vida, como ela é. Não aprendeu a viver, preferiu manter-se absorto na utopia do dia-a-dia, desta hora, em que o homem pisa na terra fria. Porque, em verdade, o estado de ignorância humana o impede de conceber a vida além da vida.. Ainda não aprendeu a conhecer a realidade da própria existência divina, latente na alma humana.

MORTE> parece ser o final de tudo – porém, é o oposto, o princípio da vida e o primeiro passo para o espírito dar continuidade ao aprendizado espiritual – que nos leva a conhecer o que está por trás da porta da ignorância.  Depois que esta porta se abre, após o desenlace. O homem descobre o significado da existência da morte – a verdade, antes sempre negada, pela falta do conhecimento humano, no que existe além das fronteiras das letras e dos dogmas religiosos – que aprisionam o homem ao finito. Não permitindo que ele vá além dos limites, que cerca cada credo ou igreja. Além também, delas cometerem um dos principais erros, que é negar a vida que vem após a morte – inexistente para o espírito, mas, a única verdade existente para o homem natural que é a morte.  Mas, ao transpor os limites do corpo de carne, osso e sangue  – ele vê, diante de seus olhos espirituais, a verdadeira vida emergi do ceó – onde, a morte só existe para os fracos de espíritos. Mas, para quem vive no conhecimemto do absoluto> não existirá a morte, mas, a vida da LUZ eterna!  Porque, DEUS é o Senhor. E, somente através desta hora – o espírito, poderá se levantar do berço do pó da terra fria, para a glória da verdadeira vida divina – onde, o espírito é eterno, mas, as coisas do mundo, serão sempre efêmeras.

O HOMEM> julga o seu próximo, segundo suas próprias fraquezas. Por isso, ele não acredita na “virtude,” de outrem.

CAMINHO> não basta você trilhar um caminho – isto, qualquer um faz – necessário é ter a sabedoria para conhecer o caminho!

Nós temos um SER – que nos habita e que fala em nosso interior.

O ESPÍRITO > humano – ainda está sob os escombros da matéria física, soterrado, preso, com fome e sêde. Porque o homem, dá mais valor ao que é do mundo – do que, o que é de DEUS. Por isso, mesmo vendo, eles não vêem, ouvindo, não ouvem, nem compreendem – porque, seus corações, estão endurecidos e ainda não estão prontos para conceberem a verdade de DEUS. Por isso, JESUS, disse, que nem todos entrariam no reino dos céus.

DO QUE VALE> o homem passar a vida inteira, apenas pelo prazer do viver – sem compreender que todo o tempo, ele está morte – sem conhecimento do SER – onde “mente”, apenas focaliza o TER, e tudo o que se refere aos bens materiais. Porque, quem realmente está na vida, não perece. A verdade do conhecimento absoluto, liberta, abrindo novos horizontes, além da vida ilusória – livrando o homem do engano do mundo > assim, ele sai da morte, para a vida eterna.

O CORAÇÃO- é a chave sagrada, que abre as portas e janelas da alma. Assim, o sol crístico, ilumina e aquece aqueles que se propõe a separar o trigo do joio – a terra fria do espírito.

O AMOR – sem os preconceitos do mundo, é o grande alimento que sustém o espírito na carne. É o amor, sem credo, raça ou cor – ele ultrapassa todas as convenções, dando a liberdade espiritual.  O amor, seja qual for as circunstâncias vistas através de um fato, (nele) sempre haverá o  perdão, porque, o (perdão e o amor) andam juntos, e, estão acima da própria existência da vida humana. Estes dois sentimentos, são o farol do espírito, que o faz levitar, ante, todo o materialismo e os grilhões que o homem, impôs, sobre o homem.Por isso, quem verdadeiramente tem o amor, dentro de si –  tem também o entendimento dos erros do próximo, comuns na regência da humanidade. Assim,   com a mesma intensidade de um grande amor – o perdão se faz presente, aqueles que nos ofenderam.

JESUS> Não somos nós, que escolhemos a JESUS – é JESUS, que nos escolhe, quando o homem está pronto para ser colhido na árvore da vida!    Em verdade, o homem natural, ainda está com a mente embotada, restrita as “linhas” divisórias, estabelicidas pelas religiões. Que através dos desejos humanos, o conduz em rédeas curtas, sem permitir seu avanço, além das fronteiras do “finito.”  Motivo pelo qual, as trevas se apropriaram das forças do mundo e tomaram as civilizações de assalto – deixando o mundo no caos, na barbárie, pois, não está havendo barreira espiritual para conter a horta, que penetrou em todos os pontos religiosos, com algumas exceções – mas, é tão pouco, estes pontos de LUZ, que DEUS cruzou os seus braços, para ver até onde vai o homem em sua “ambição desenfreada” E, ainda, usando o seu (Nome) hipócritamente, diante de seu povo sofrido.  Assim, vemos o espírito, subjugado pelas amarras do corpo e do materialismo sem alma.   Enquanto a (MENTE) material, estiver à frente da espiritual – o espírito ficará na inércia.  E, a alma, ficará aguardando o seu amanhã, para o despertar do espírito na carne.  Que transcenderá os grilhões do corpo e entrará na iluminação espiritual.

ANDAR em ESPÍRITO – é aquele que venceu os princípios materiais – e mesmo sendo apenas um na multidão, compreende, que, pra tudo se tem um preço – e o preço do conhecimento absoluto é muito caro. Pois, vai além, do que está “escrito” e, foi isto que matou o mestre JESUS! Porque, quiz mostrar ao homem, conhecimentos mais sutis, daqueles acostumados a seguirem a lei mosaica.  O espírito está muito aquém, do que dita as escrituras. É preciso compreender as entrelinhas da Lei> Como disse JESUS a multidão -” Se não entendeis as coisas do mundo, como desejais conhecer as coisas eternas” Mas, o homem continua a crê somente no que está escrito, sem procurar buscar a verdade de seu próprio interior!

PELO ESPÍRITO, alcançarás o teu amanhã no que está além da carne. Mas, pela carne, não terás um amanhã, porque a carne é fraca – e com todo o poder, todo o dinheiro, estarás restrito até a sepultura. Porém, para aquele que soube separar o espírito da carne – e alcançou o discernimento  entre o bem e o mal, o espírito e a matéria, conseguiu realmente buscar a DEUS, mergulhou no “absoluto, ” tornou-se UNO, com tudo e todos – tornando o seu amanhã, cheio de bem-aventurança.

TREVAS – ausência de luz, ausência de conhecimento, ausência da própria essência da vida, que provém da luz do conhecimento supremo. Que nos dá a segurança da existência, mesmo que estejamos na ignorância da barbárie. Temos em cada um, lá no fundo do poço, no sub-consciente, encarcerada pelo corpo físico a “luz de DEUS.” – Que nos provém a vida, até o dia em que, portas e janelas do coração serão abertas, e a luz do sol latente, na alma humana, entrará, expulsando as sombras – e permitindo que a alma, e o espírito, se tornem livres, soltos, como os pássaros voando no céu. Porque não somos finito, mas infinito – aquilo, que está além do além, da própria razão da humanidade.

BRIGUEM as IDÉIAS> mas, não deixe que a vaidade do (saber) entre em contenda com aqueles que ainda não aprenderam a conhecer-se a si próprio.

A VERDADE> a séculos é manipulada – ela tenta emergir, subir à tona da ignorância humana, desabrochar no peito do homem – mas, é enterrada pela mentira, hipocresia e a demagogia. É vencida pela deslealdade do homem corrupto – cego pela ambição desmedida, crê somente no poder e na posição social, no TER, sem o menor conhecimento ou sencibilidade do que seja o SER>preferindo viver em funsão de um corpo. Esquecendo-se que “ele,” é antes de tudo, (alma) “ele” é pó – e ao pó, voltará, sem levar nada na bagagem, apenas, suas obras, palavras e ações!

A VERDADE> muda de acordo com o conhecimento que o homem adquire de época para época.  Em verdade, o conhecimento e os mistérios se entrelaçam entre si, e na linha do tempo da alma – entre a vida e a morte – a verdade transpassa a linha do tempo, finito e infinito> carregando consigo, várias experiências e conhecimentos envolto em muitos mistérios. Mas, somente mostrando o necessário ao homem – mediante a sua condição de suportar ou não, a “verdade.” de um conhecimento além da razão, sem  medo e sem interrogações. Simplesmente crê, naquilo que o mundo não vê.

A VERDADE> está espalhada entre todas as religiões e culturas.  Ela palpita no seio da humanidade, em “tudo o que foi, é e será.”   Mesmo que o mundo, esteja vivendo um momento caótico. Crise mundial, onde todos os princípios éticos e morais, entraram em colapso em completo desalinho – porque o homem afastou-se da “verdade absoluta.” Para viver em funsão de uma ilusão – assim, o homem perdeu-se, confundiu-se, lançando-se uns contra os outros e todos contra todos.  Porque, preferiram sustentar-se na transitoriedade. Pois, “o corpo não é mais que um vestido velho.” (JESUS)  Mas, para a humanidade, a grande fonte do prazer e da vida, está no TER – no consumismo. Acreditando, mais na mentira do que na verdade – tornando os hipócritas e os demagogos – homens da verdade. Por isso, o mundo vive na mentira.

A VERGONHA> não é vergonha pra ninguém, pedir auxílio ao próximo, seja qual for a sua área de trabalho! Não é vergonha pra ninguém, pedir ajuda pra aprender, aquilo que não sabe fazer.    Não é vergonha pra ninguém, mesmo que seja chefe de uma seção, pedir ao seu subalterno, auxílio para aprender, aquilo que não sabe, mas, quer aprender.   Vergonha, é ter o orgulho, de não pedir ajuda, para aprender.  Vergonha, é não chegar a lugar nenhum, porque não foi humilde em dizer, (não sei) gostaria de aprender > você me ensina?

NA OFICINA DO OLEIRO> há muitos utensílios: potes, jarros, pratos etc.     Mas, tudo isto, é feito com o mesmo barro.   Assim, DEUS á “UM,”  embora seja “adorado,” em diversos países, sob nomes e aspectos variados! (Rama Krishna)

A VOZ QUE CLAMA NO DESERTO> no meio de todos os absurdos  existentes neste mundo – existem as exceções> E, enquanto houver uma voz clamando na imensidão da ignorância humana – DEUS, não se apartará do mundo, porque, mesmo que a terra não a escute, O Senhor a ouvirá, do alto do céu. E, o mundo permanecerá de pé!

A MENTE NÃO É UM PRODUTO DO CÉREBRO> já comprovado pela ciência – de que, quando o paciente falece e volta à vida, o cérebro pára.  Portanto, não tem como o paciente dizer o que aconteceu, enquanto estava sendo ressucitado.  Existem vários relatos, depoimentos de pacientes, que, após, (voltar à vida) citou histórias, que presenciou e ouviu, enquanto estava em “coma,” sua própria cirurgia e cenas, falas, entre os médicos, que somente eles sabiam!

E-mail do autor (luzbartho@hotmail.com)

Anúncios

3 respostas para /// PENSAMENTOS FILOSÓFICOS # Bartho ///

  1. Jesus era bom e doce e eu o amo e aceito como amigo para sempre.
    Juro que o amo toda a vida com a minha mãe.

  2. Valente disse:

    Obrigado belas informacoes ricas patentes nessas escrituras.parabens

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s