/// NÃO BASTA SER FAIXA PRETA ///

Um lutador geralmente procura evoluir em técnica e força. Pois, ele crê nos músculos e no físico. Mesmo que eles falem sobre o domínio da mente – é mera especulação – apenas, para rotular e embelezar as suas explanações, quando, é inquirido a falar sobre a técnica de luta – e, ao responder – o porquê, de tanta violência nesse esporte. (estão, falam…Mente sã, corpo sã) Mas, ainda são um vulcão por dentro!  Ainda, levam as coisas, sob o império da força e da raiva bruta!

Em verdade, raríssimos são os lutadores que de fato, possuem ou conhecem, – como controlar a mente. Talvez, lá pras bandas do Oriente> porque, no Ocidente> é difícil> nossa cultura, realmente, nos amarrou ao corpo físico! Poucos em verdade – sabem o caminho da meditação ou como, diricionar, um conhecimento, destes, dentro de uma Academia!

Não basta ser um lutador ou um faixa preta!  Antes de tudo, deve ele – vencer a si mesmo, principalmente, o seu (EGO) conhecer  o poder da mente – e os movimentos do espírito, sob a matéria. Procurando alcançar a consciência de como a mãe natureza trabalha, age e atua sobre todas as entidades vivas. Pois, todos nós somos sustentados por ela.

O verdadeiro lutador – deveria transmitir aos alunos antes de tudo, a técnica do espírito das artes marciais. Incluindo o conhecimento da energia, que envolve tanto o corpo, quanto a mente – para desenvolver um campo de força, que poucos sabem existir – e, quando ativo, libera uma energia que afasta até – forças negativas do caminho. E, quando em combate – quebra a força do adversário. Porque, o homem, antes de ser homem> ele é espírito! Mas, o ocidental, é completamente, (leigo, no assunto) E sem o poder do espírito, o corpo físico, não é nada> cai inerte, como uma roupa tirada do corpo e jogada no chão. O corpo, por mais forte e sarado – sem que, o espírito esteja nele> o corpo, é um pedaço de carne.   Em verdade, antes de se fortalecer o corpo – deveria o homem, fortalecer o espírito, porque, é ele, quem sustenta este corpo, de carne, osso e sangue.

Portanto, a faixa preta, por si só – não é nada, porque, esta faixa – está sobre um quimono – sobre um corpo, que usa força bruta, mesmo que aparentemente, aja uma técnica, mas é uma técnica – material – não é um conhecimento – onde, o lutador, age sem a consciência de seu interior, mas, com a força muscular.  Quem mais se aproximou e buscou essa “energia” esse, desenvolvimento espiritual, entre os lutadores>foi o notório BRUCE LEE!

Bruce LeeBRUCE LEE (2)

Ele acreditava nessa existência espiritual, alcançando com velocidade as técnicas de seus oponentes. Bruce> na verdade, sabia, que o poder estava na consciência de seus movimentos, corporal, mental e espiritual. A forma e maneira, com que, filosofava os movimentos das Artes Marciais>dizendo: (arte de lutar, sem lutar) ou (a madeira não reage) segundo, os ensinamentos de Bruce> que, destoava, da visão e dos pensamentos dos Mestres da época, como também seria hoje – pois, a mente humana, continua condicionada, mais na força muscular, do que, na Mente e no espírito> Mas, Bruce, agia, dentro de seu estilo de luta! – Ele, via, enxergava, além de sua época, e, da força bruta dos músculos! Como poderia conduzir suas lutas – se não tivesse a consciência, de um potencial interior. Um lutador, no controle da alma, do corpo – alcança muito aquém, do horizonte – pois, está sob a orientação do espírito. Aonde, estes ensinamentos deixam mais soltos, os alunos, e mais libertos da materialidade, do orgulho e da vaidade…..

A partir do momento, em que (o faixa preta), alcança estes ensinamentos ou tenta compreendê-los, ao invés de duvidar, porque, os ocidentais – devido, sua cultura materialista, sempre viveram para defender o corpo, salvar sua vidas, materiais: JESUS, nos dizia, que: enquanto o homem tentar se salvar> ele, perderá a sua vida) – por não, valorizar o espírito> porém, se o homem atender a sua verdade intrínseca – com certeza, o lutador vencerá seus combates, como também seus inimigos – visíveis e invisíveis.  Porque, estará sob o domínio de seus movimentos, internos e externos, o espírito, esta energia vibratória, mantém o corpo de carne, osso e sangue (vivo) e, sem esta energia consciente, o homem, não é mais que um ser dominado por seus instintos, desejos materiais, mentais e sensuais. 

Onde a raiva, a violência, o ego e o orgulho – estarão na hora de sua batalhar travar – “cegando” a sua razão e o seu bom senso! Permitindo que forças ocultas, neste momento, se aproveite – através dos sentimentos – que mostram a total falta de controle interior.  Energias negativas, que dominam o SER, de um faixa preta, que, com sua experiência, era para dar o bom exemplo – mas, ele somente treinou os músculos, e a técnica de luta, mostrando, que ele, não derrotou a si, próprio< faltou-lhe – um conhecimento maior – das energias, que nos envolve a todos, do espírito, vindas da mãe natureza> da essência de nosso SER!

Enfim, não basta ser um profissional  de luta – porque a verdade, não está nos músculos – nem na força ou na faixa, que carrega na cintura – está no homem, na consciência espiritual, no domínio de seus movimentos corporais e espirituais> assim, como são os animais – pois, eles sabem caminhar em seus habitats. E, sabem a hora de atacar – apenas, sentindo as manifestações de suas naturezas, no silêncio de seus reinos, e das energias instintivas, que os ensinou a arte de caçar o seu sustento, defender-se, conscientemente, e  também de seus  predadores. Usando suas técnicas de ataques e defesas. Assim, é o próprio ensinamento, que a mãe natureza e o espírito da selva nos ensinaram. Mas, nem todos….

O homem, ainda está muito bruto nas coisas da alma – dando sempre – mais atenção ao exercício corporal do que conhecer a si próprio.  

Enfim, ser faixa preta, é saber conhecer todas estas coisas – que ainda se encontra um pouco distantes da verdade do homem natural.   Seja faixa preta, mas, aprenda, antes de tudo, conhecer a humildade, e saber que – além, de um corpo sarado – quem comanda, não são os músculos, mas, o “espírito” que não conhece a MORTE, mas, a eternidade, e a vida!

Aquele que demora a subjugar o seu oponente, permitindo, que se levante – dá a ele, tempo necessário, de se adaptar ao seu estilo de luta!  Mas do que nunca, deve-se, sempre defende-se, e, no ataque> contra golpear, pondo o seu adversário por terra.  Não dando a ele, oportunidade – para se erguer. A boa técnica, reage, assim.  Aonde, a MENTE, não se perde com a raiva (pura ignorância) Mantendo-se, no equilíbrio emocional, por pior que seja a sua situação de combate. Ainda, haverá chance de vitória! Aquele, cuja MENTE – se perdeu nas emoções da raiva e do ódio> com certeza, não terá muitas chances, pois, o desequilíbrio interior, acarreta, o cansaço, em consequência, pode-se, perder a luta.  Se a MENTE, vacilar> todo o seu treinamento, foi em vão. Porque, o que faz você ganhar um combate, não são os seus músculos, mas, à técnica, o raciocínio e a consciência, clara, em cada movimento de ataque e contra-ataque.

Por isso, eu sempre digo – o pior de todos os inimigos, é a nossa própria Mente! O nosso (EGO) Antes de dominar seu oponente>domine sua MENTE, seu orgulho, sua vaidade – uma luta, pode até ser vencida, na raça, e na força…> porém, não haverá, aí, um bom senso, técnico – porque, mais importante do que a força bruta, é a (técnica aprimorada) tanto no exterior, quanto no interior!  Mesmo, que o raciocínio e a razão, (Ocidental) não concorde – porque, a nossa cultura, é, antes de tudo, cética> ela, é puramente material, divorciada da espiritualidade>   JESUS, sempre dizia:  “O corpo, não é mais que um vestido velho” Mas, o homem, simplesmente, continua, não acreditando…

O BRAVO, é aquele que, interiormente se unifica na unidade do espírito, pois, é esta energia, que dá ao corpo material – o poder, para se movimentar e agir, perante o olhar da humanidade na materialidade do mundo!  Após, o homem, ganhar o conhecimento, ele conseguirá, vencer suas batalhas, tanto internas, quanto externas. Suas emoções, sentimentos, estarão sempre equilibradas – e, o Mestre, poderá, passar aos seus discípulos – um ensinamento, que fará do aluno, um ser com grande domínio, no combate e também na vida pessoal.

Portanto> Aquele, que alcançou a Faixa – Preta, a conquistou, com seu esforço e perseverança> mas, (compreendeu) que o corpo, não é mais que um instrumento do Espírito>pois, é através, dele, que a humanidade, existe, e atua – no plano físico! Se o homem, tiver o conhecimento do seu próprio SER> seu (Espírito) também, tornar-se-á>(FAIXA_PRETA) porque, o seu corpo, com todos os seus músculos, não é mais, que uma roupa, que envelhece, se rasga e vai pro lixo> isto, é a VERDADE, que a humanidade, não pode fugir! (seja rico ou pobre)  (BARTHO)

E-mail do autor (luzbartho@hotmail.com)

Anúncios

3 respostas para /// NÃO BASTA SER FAIXA PRETA ///

  1. leonardo disse:

    Me ajudou muito !!!
    . Sem mais!!!!

    • Bartholomeu disse:

      Valeu, meu amigo, Leonardo!
      Estarei sempre a tua disposição, para algum ensinamento…sobre o poder do EU!!!!
      Aquele, que usar os músculo sob a orientação do Espírito….conseguirá, vencer a sua (luta) e ainda terá seus caminhos abertos pela luz de sua mente…

      • leonardo NUNES disse:

        O que

        Enviado pelo meu Windows Phone
        ________________________________

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s