/// O TEMPO na VIDA HUMANA ////

                                   O TEMPO É IMPLACÁVEL> quando nos damos conta – ele passou e ninguém viu.  A não ser – seus rastros…sua marca, sobre as entidades vivas…> no universo, na natureza, no corpo humano, antes jovem, depois, envelhecido, nos arremetendo ao tempo da juventude. Uma época, em que não se tem noção da verdade e da realidade da vida.  Hoje, conscientes do tempo perdido – sentimos falta do dia de ontem. Porém, interiormente, o espírito é o mesmo jovem – mas, a roupa, envelheceu – porque o tempo passou, e, não notamos….hoje, sabemos, que o presente, é mais atuante do que o passado> pois, quando se dá um passo á frente,  já estamos  no presente…

Os novos de ontem, tornam-se os idosos de hoje> os novos de hoje, serão os idosos de amanhã!  Porque, o mundo gira…ele é uma roda> assim, é a natureza do tempo, que a tudo comanda.

Ele é implacável! E, o seu toque, que não é o de “Midas” é fatal, sem que seja percebido….  A matéria, quando tocada pelo tempo, se corrompe, perdendo o seu frescor e vigor… e ele segue na sua trajetória – deixando a sua marca no passado, para vê-la no presente do futuro – fazendo crê, que nada aconteceu> mas, aconteceu, porque, com o seu toque sutil – o homem não sentiu, nem viu. Até pensa, que vai demorar a envelhecer. Triste engano para o homem que vive numa sociedade consumista e materialista. 
Mas, interiormente – tudo já começou a mudar – porque, assim é a personalidade e a natureza do TEMPO. Que a tudo transforma com o passar do próprio tempo – porque ele passa e ninguém vê…

Mas, tem uma coisa que o tempo não pode tocar ou mudar é o seu EU> o seu SER – o espírito é eterno> Somente a insegurânça nos leva pro caos. Se não estivermos conscientes, que o verdadeiro conhecimento, AMOR e Perdão – ultrapassa, as rugas, as marcas de um passado – que um dia foi o presente – mas hoje, é passado, que nos mudou o exterior – mas, continuamos o mesmo interiormente>E, para vencer a insegurânça que tempo nos faz sentir> depende de cada um> vencer a barreira do TEMPO, e, mesmo no presente> sermos jovens, porque, a casca muda – mas, o espírito, será eternamente jovem…

Por isso, o que pode ser feito hoje, não deixe pra manhã! Porque, o tempo de hoje – pode não ser o mesmo tempo de amanhã.  Devemos sempre buscar no tempo – o auxílio para aprender o melhor tempo de nos exercitar e nos preparar, tanto fisicamente quanto espiritualmente. Para quando chegar o dia de amanhã, não pensarmos em voltar no tempo – por não termos feito nada, que pudéssemos, hoje, lembrarmos de um tempo, em que vencemos o nosso próprio tempo!

                                         O homem na ignorância de interpretar   o espiritual, somente pelas (letras) do mundo   – termina se perdendo no Tempo de sua vida.  E, como se fosse um túnel do tempo – ao passar pelo tempo, brincando e negando o óbvio de sua própria essência – descobre,  o que perdeu durante a sua vida inteira.

                                       Não viu o tempo passar – porém, ele passou… – o corpo envelheceu, mas, o homem nem sentiu. A carícia do tempo é tão sutíl, que o homem não se apercebe. Hoje, você está “novo” acreditando, que o tempo demora a passar! Mas, é puro engano. Quando vê, a idade chegou, o corpo perdeu sua forma juvenil e a realidade tornou-se clara e cruel. Porque a mente está condicionada nas coisas deste mundo. A verdade do SER> nunca foi notada, considerada.   Mas, o tempo passou, restando a saudade, daquilo que nunca foi feito em pról  da própria essência da vida!

                                         Ele não tinha a consciência da verdade, entre a vida do mundo e a vida do espírito. Em verdade, é isto o que acontece com a humanidade – vivendo mais pelos prazêres do mundo, do que, pelo conhecimento do espírito. A vida, pela ótica do homem natural é bem materialista, consumista, onde, a legalidade é o que os conduz.

                                         Em fim, o corpo é uma casca – tocada pelo tempo – tempo esse, que sempre mostra a verdade. Verdade essa, que poucos deram e dão o devido valor. Porque, acreditam mas nas mentiras do mundo do que no conhecimento da alma.  Enquanto o homem pisar na terra fria – o próprio tempo, se encarregará de levá-lo de volta, mesmo em plena ignorância do SER> ele despertará com o passar de cada tempo, a conhecer e separar o trigo do joio.  Assim, sempre acontecerá do homem acordar  do outo lado do tempo – no túnel da vida eterna e sempre voltar no tempo> para aprender a conhecer a sua própria vida espiritual.

E-mail do autor (luzbartho@hotmail.com)




Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s