///GNÓSTICOS///

                                         OS GNÓSTICOS> eram homens que buscavam o conhecimento interior. Mergulhavam no oceano do absoluto, tentando sempre, ter o controle sob a MENTE.

                                           Assim, através da gnose ( do grego gnosis – conhecimento) eles, ensinavam a lei e o conhecimento da alma – sem credo, raça ou cor!  E, como era um conhecimento muito sutíl. nem todos estavam prontos para este tipo de sabedoria.  Pois, o homem procura medir o conhecimento do espírito, pela razão humana – erradamente!

A GEOGRAFIA do MUNDO – na HUMANIDADE> é cheia de caminhos obscuros – criados por homens fundamentalista de mentes obscuras – doutores da lei> que, preferem negar sempre a verdade, o óbvio – à indicar um caminho mais ameno, ao povo de DEUS! Verdade, que tão bem, a Igreja conhece, mas, não permite chegar até ao homem natural!  Porque, outras religiões, levariam vantagem – e, isto, é um “negócio” onde não se pode dar ouro, a quem também, quer ouro!  Então, ficam essas verdades escondidas – que, se fossem mostradas ou ditas, (hoje em dia) talvez, ninguém mais reconheceria, a própria verdade dos caminhos antigos – por onde, DEUS – andou!    Mas, os doutores da lei, preferem os jogos do mundo e seus tesouros – a mostrar conscientemente, as ALMAS humanas, o único caminho, que poderia nos levar mais rápido – até o Reino de DEUS!

                                        …Mas, naquela época, este tipo de filosofia, deixava a Igreja muito preocupada> porque, abria os olhos do povo, além do que a Igreja – gostaria que fosse.  Então, os doutores da lei, assustados e aproveitando, o concílio de Nicéia que o imperador romano Constantino, convocou, no ano 335 – tornando o cristianismo uma religião oficial do estado – passou a perseguir os gnósticos e as demais religiões, que fugissem dos padrões estipulados pela santa Igreja.

                                          Toda e qualquer filosofia – que não estivesse de acordo com a orientação dada pela igreja> não rezando da mesma cartilha> era tido, como “herege”  E, os gnósticos, na ignorante visão pessoal dos doutores da lei – eram considerados hereges. Não, porque estavam errados em seus ensinamentos, mas, porque, podiam eles, tirar a força, que a Igreja tinha sobre o povo!

                                          Em verdade, toda guerra santa, é nada mais, nada menos, que o medo destes homens – que  dizem ser de DEUS – perderem o controle da massa popular. E, controlar o povo, sempre foi muito importante para a Igreja> isto, vem desde a Igreja primitiva. 

                                       Assim, a Igreja, nunca permitiu, qualquer outro conhecimento, que não tivesse o seu crivo, o seu aval!

                                               Em verdade, o conhecimento do absoluto, é muito complexo e incognoscível ao entendimento do homem natural> cegos pela ambição nos poderes do mundo. 

                                                  Pois, a própria cultura ocidental, leva o homem a ver o mundo, pela visão do ilusionismo e dos desejos terrenos.  Por isso, a conformidade em aceitar os ensinamentos destes doutores da lei. Que, faziam o povo buscar valores materiais, ao invés dos espirituais.  Para controlar a permanência do Dízimos nas Igrejas, mesmo sabendo eles, que segundo a lei> foi mudada e abolida por JESUS> ( Mateus, 28:18-20 / João, 12:48, atos, 17:30-31 / Hebreus, 7:12)  Instigando os homens à buscarem bens materiais para dividí-los com a Igreja e, tudo que der ao SENHOR> ele, restituirá em dobro!

                                       A Igreja primitiva,  impôs o medo – porque, os seus membros (bispos)  eram duros e cruéis> por isso, o homem foi levado a consumir imperfeições, durante o seu tempo na terra fria – gerando a corrupção, que na verdade, é muito mais antiga do que a própria Igreja.

                                       E, os GNÓSTICOS> ensinavam justamente ao homem, se livrar de tudo – como dizia, JESUS: “Se alguém quizer vir após mim, RENUNCIA-SE, a si mesmo. Tome sobre si a sua cruz e siga-me!”   (E, a igreja, não fez isto! )

“Aquele que quizer salvar sua vida, perde-lá-á, e quem perder a sua vida por AMOR de mim, acha-lá-á. Que aproveita ao homem ganhar o mundo inteiro, se perder sua ALMA!”

                                         Seria este a base do conhecimento gnóstico> temido pela Igreja – que, não ensinava, verdadeiramente o fundamento das palavras de CRISTO> mas, confundia as mentes pequenas de um povo sofrido, que, com ensinamentos, levianos e idéias, políticas -para adquirirem  poderes materiais e pessoais – mantinha o povo, na época subjugado ao poder da Igreja.  Por isso, a Igreja, ainda hoje, esconde certas verdades, que poderia ajudar certas crenças, que ensinam as verdades de JESUS.  Então – o que fêz e faz,  a Igreja, “NEGA!”    Assim, foi desde os princípios dos tempos, até hoje, essa guerra religiosa e absurda – de negar as VERDADES, que são de cima, maqueadas com as MENTIRAS, que são de baixo> deste mundo corrompido pela vontade de viver bem, enquanto o povo, vive na eterna miséria. Tentando a cada dia, ter em sua mesa, o pão-de-cada-dia!

                                        Para manter então todo um controle sobre o povo e demais crenças, que surgiam em cada canto da terra, a Igreja, com mão de ferro> se utilizou, da “INQUISIÇÃO”  o grande desastre da época, onde satanás, ganhou em todas as estâncias. Porque, os atos cometidos na inquisição, foram barbárieis, que somente foram aprovadas pelo (bicho ruim) o diabo.   Aonde, séculos depois, o “protestantismo” também cometeu os mesmos erros!   Nota-se, perfeitamente, que em várias ocasiões, o (Malígno) se utilizou da Igreja, tanto a católica como a protestante, para satisfazer o seu ego satânico, sobre os templos, que se diziam ter DEUS, como Senhor> mas, quem atuou e comandou – foi Satanás!    E, hoje, o malígno ainda faz festas, perante o abuso descriminado do Dízimo, que erradamente a Igreja  passa ao povo, como sendo verdadeiro o seu uso.

                                        Então, tudo isto, vem dos falsos valores, que o homem possui das coisas do mundo.  E, quando surge alguém com um conhecimento mais além das promessas dos homens – a Igreja, que se coloca como sendo o carro chefe das demais religiões> não ademite, um conhecimento que liberta o homem e conta a verdade, entre a vida e a morte.  Impondo a sua “autoridade”!?!?!

                                       Como dizia JESUS: “O verdadeiro conhecimento liberta!” e, salva o homem dos abusos do mundo.  Pois, o Reino de DEUS, o reino do espírito> vence a materialidadee e a incorruptével ganância humana.  Por este motivo> é que,  a Mente, quando envolvida pela religião que condena (outra) ela torna o homem prisioneiro da MENTIRA – porque, a verdade está espalhada em todas as demais crenças, em gotas homeopáticas – porque, nem todos os homens, estão prontos ao conhecimento da “VERDADE”!  Todas, que glorificam à DEUS> são caminhos diferentes, mais que, levam também ao Reino do Senhor!  

                                        Por este motivo, é que, os gnósticos foram perseguidos pela igreja> porque, eles, ensinavam a liberdade da alma, dando a cada homem – de acordo com o seu potencial espiritual – um melhor caminho para se alcançar o Sagrado.  Sem apresioná-los a dogmas ou leis – porque, o espírito é livre – e o homem é espírito, não é corpo!   O verdadeiro conhecimento, está aquém das “LETRAS”  a onde, perante os olhos de DEUS> (todos somos iguais) sem credo, raça ou cor!      (BARTHO)

E-mail do autor (luzbartho@hotmaisl.com)

(conhecimentodoabsoluto/xamã/bartho)

(conhecimentodoabsoluto/fogueirasagrada/bartho)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s