/// O DÍZIMO> no Novo Testamento///

Templo de Salomão

A igreja comercializou-se através do dízimo, tornando-o um capital de giro.  ( Porém, estamos num novo tempo. – Dê o dízimo – de acordo com o que manda o seu coração)

// Não aceite o que pedirem, além – disso.//    “Não se pode servir à DEUS e ao dinheiro!”

 Disse JESUS: “Se alguém quiser vir atrás de mim, vende o que possuis, dá-lo aos pobres, e terás um tesouro no céu /  Depois, vem e segue-me/ Quem é capaz de entender, entenda…Qualquer um de vós que não renunciar (a tudo) que possui, não pode ser meu discípulo”  (Mateus 16:24; 19:12-21; Lucas 14:26-33)

JESUS, através de Pedro, ensinava que a Igreja deveria fazer coletas nas quais os cristãos dariam de acordo com as suas prosperidades.

(2 corintios  9:7) Cada um contribua segundo propôs no seu coração, não com tristeza, ou por necessidade, porque DEUS ama ao que dá com alegria.

( 1 corintios 16: 1- 2 ) Temos que dar com amor, generosidade e alegria, conforme tencionamos em nossos corações ( 2 coríntios 8:1-12,9:1-9) Portanto, podemos dar mais do que 10% ou menos do que 10% – o dízimo não pode se imposto, temos que usar o que tiver dentro de nossas posses, nossos recursos financeiros.

Não somos mandados por DEUS para darmos uma porcentagem especial!

DEUS não impõe, por isso, “Ele” nos legou o livre-arbítrio.

Porém, vemos a Igreja ultrapassar a lei de JESUS – quando seus pregadores citam com freqüência

(Malaquias 3:10) para encher os cofres, na qual o profeta de DEUS diz:  “Trazei todos os dízimos à casa do tesouro, para que haja mantimento na minha casa , e provai-me nisto, diz o Senhor dos exércitos, se  eu vos abrir as janelas do céu e não derramar sobre vós benção sem medidas.”

Esta passagem bíblica é muito usada, ditada entre muitos pregadores modernos.

Na época de hoje, estariam estes pregadores, sendo fiel à Lei? Estariam eles falando corretamente a palavra de DEUS?

“O amor ao dinheiro é a raiz de todos os males. Algumas pessoas, por cobiçarem o dinheiro, desviaram-se, da fé e se atormentaram com muitos sofrimentos”  (1Timótio 6:10)

Na verdade> ( é uma vergonha) – certos escândalos, que, uma vez ou outra, acontecem nas religiões, inclusive na Igreja do Senhor> que, virou comércio. Um bom negócio – para se investir. Basta ter o conhecimento das Escrituras, cara-de-pau e a demagogia, recheada com a hipocrisia> uma boa conversa, e a coragem de enganar o povo. Quando a imprensa descobre> pastores, que na maior – cara – de – pau – usa o Nome de DEUS e da Igreja – para arrecadarem dinheiro em benefício – deles próprios> usando como arma o “Dízimo” Comprando fazendas, e muitas outras coisas mais….  Quem de fato se espiritualiza, não tem a ganância e a ambição, que vemos, nos olhos desses pastores. Eles brilham, só falta vermos refletidos na “menina dos olhos” os cifrões> quando pedem dinheiro aos seus fiéis…e as lágrimas?!> São grandes atores. (É uma vergonha) DEUS, tenha misericórdia dessas almas, perdidas pelo poder material. E, usam descaradamente o Nome Dele! Mais uma vez….(é uma vergonha) e. muita coragem> não temem a íra do Senhor!

Em verdade, o Novo Testamento não promete luxo, conforto nem riqueza – JESUS disse: “Não andeis cuidadosos quanto a vossa vida – pelo que haveis de comer ou pelo que haveis de beber, nem quanto ao vosso corpo, pelo que haveis de vestir – não é a vida mais que o mantimento, e o corpo mais que um vestido velho?

Portanto, aqueles que citam Malaquias 3:10 – para exigir o dízimo, prometendo (prosperidade material, ganhos matérias em dobro – estão eles, distorcendo a palavra de DEUS.

Enquanto o pobre, o humilde, dá o que não tem pra Igreja, eles estão enchendo os cofres das Igrejas, ao desviarem a atenção de seus fies das coisas espirituais, para darem atenção às posses matérias.

Pedro já advertia sobre estes tais Mestres.

“Também movidos pela avareza, farão comércio de vós, com palavras fictícias, para eles o juízo lavrado há longo tempo não tarda, e a sua destruição não dorme.” (2 Pedro 2:3)

Paulo: “Portanto, se fostes ressuscitados juntamente com CRISTO, buscai as coisas lá do alto, onde CRISTO vive assentado à direita de DEUS – Pensai nas coisas lá do alto, mas não nas que são da terra!” (Colossenses, 3:1-2)

JESUS

Hoje, as pessoas vivem sob a autoridade de CRISTO, como foi dito no Novo Testamento (Mateus, 28:18-20, João 12:48, Atos 17:30-31)

Estes fatos nos ajudarão a entender as passagens do Novo Testamento, a respeito do “Dízimo.”

Durante sua vida, JESUS reconheceu a autoridade da Lei de Moisés – Ele era um judeu, nascido sob a Lei (Gálatas 4:4) e com a missão de cumprir essa Lei (Mateus 5:17-18) JESUS criticou os judeus, chamando-os de hipócritas, pois, negligenciavam outros mandamentos, enquanto zelosamente aplicavam a Lei do “Dízimo”(Mateus 23:23, Lucas 11:42, 18:9-14) JESUS, não nos ensinou, que a Lei do dízimo seria uma parte de sua aliança, que entraria em vigor depois de sua morte!

O Livro Hebreu, fala do dízimo, para mostrar a superioridade do sacerdócio de JESUS, quando comparado com o sacerdócio levítico da velha Lei (Hebeus 7:1-10) Esta passagem não está ordenando o Dízimo para os dias de HOJE – de fato, o mesmo capítulo afirma que JESUS mudou ou revogou a Lei de Moisés (7:11-9) o Dízimo não é ordenado na Lei de CRISTO – que é o Novo Testamento.

Com a “MORTE de JESUS” essa Lei foi abolida. (Efésio 2:14-15)  Estamos mortos para essa Lei, para que possamos estar vivos em CRISTO (Romanos 7:4-7) Agora a Nova Aliança, permanece (2 Coríntios 3:6-11) Assim, essas pessoas que voltam a Lei Mosaica, estão decaindo da graça e se separando de CRISTO (Gálatas 5:1-6) Enfim, não temos o direito de retomar a essa Lei, para obrigar que guardem o sábado, a circuncisão, os sacrifícios de animais, as regras especiais sobre roupas, a pena de morte para os filhos rebeldes, o dízimo e qualquer outro mandamento da Lei de Moisés!!

Agora vivemos sob a autoridade de CRISTO!

(Hebreus 7:12) Pois, mudando-se o sacerdócio, necessariamente se faz também mudança na lei.

Então> a Igreja de hoje, comercializou-se.  Em verdade, desde o princípio de tudo – o ouro e o dinheiro, sempre estiveram no âmago dos doutores da Lei.  Por este motivo, eles fizeram da igreja a sua arma para alcançar os seus objetivos mesquinhos. Usando para isto, o povo, perante a inocente falta de conhecimento nas coisas espirituais.  Aonde, a igreja, conseguiu através de grandes somas de dinheiro, levantar grandes templos e empresas, e, como diz, o ditado popular: ” para inglês ver” Mas, se formos observar o Novo Testamento, encontraremos – respostas de como, JESUS, entendia o significado do dízimo, e como “Ele,” o aboliu – como já foi citado, na matéria à cima. Deixando tudo por conta de cada pessoa, de cada coração, a importância que deveria doar, sem que afetasse o sustento familiar.  Assim, sendo a igreja um “corpo espiritual” o dinheiro não poderia ser fator de primeira grandeza. Porém, o que se vê> é a comercialização nas religiões de todo o mundo.  Em verdade, fizeram da igreja terrena, um comércio, um grande comércio. Permitindo que outras grandes seitas secretas, tivessem o desejo de também participar da fatia do bolo. É uma vergonha!!! A maioria dos Líderes destas Igrejas – começaram sem (nada) hoje, são homens bem estabelecidos na vida> enquanto o povo, continua contando suas moedinhas, para chegar no final do mês> “Dar o seu dízimo” com muita alegria, porque acreditam nas palavras dos doutores da lei!  Os humildes, sempre sendo prejudicado, pela ganância dos poderosos. Por isso, (MATARAM JESUS) Inclusive, a igreja, não paga impostos! Muito boooommmm!    (O Dízimo, não pode ser exigido, pois, é arbitrário. É contra a lei de DEUS.)

Muitas Igrejas, tentam impor o dízimo, como “obrigação” aos leigos – Porém, lutem contra, isto, é (mentira.) Eles dizem: “Tragam seus dízimos e recebam em dobro – DEUS os abençoará!”  Isto, é conversa de (vendedor) eles fazem cursos, como os vendedores, para tirarem o que podem e o que não podem, do povo! O Reino de DEUS, ainda não está à venda! Mesmo que a Igreja, tente> mentir diante do povo.  Muitas foram as Igrejas, que viraram proprietárias de grandes redes comerciais e de Televisões.  Usando do artefício, tirado das páginas da Bíblia. Satanás, também é um grande conhecedor dela. E, tentou à JESUS, através dos versículos! DEUS disse: (Dai de graça o que de graça recebestes)

( PARTE – 2) 

Em verdade – o Dízimo, é lei do Velho Testamento!  Pois, aquele que caminha nas Igrejas, na  verdade> não deveria pagar os 10% – impostos, pelos doutores da lei, digo: (pastores) Porque, nada que provém de DEUS, nos chega com imposição> por isso, “Ele” nos deu o “livre arbítrio” O homem, é que sempre procura se aproveitar e ganhar sobre a ignorância do ser humano.

                                         Mas, infelizmente, os doutores da lei – mesmo na época de hoje> através do Dízimo, criam enormes fortunas. Ganham status, inventam esquemas, como “Teologia da Prosperidade” incluindo “Carnês” para facilitar o pagamento no final do mês. (Isto é uma vergonha)

                                  E, na cara-de-pau, exploram o Nome de DEUS> e, o negócio é tão bom, que, todos hoje em dia, querem, ser pastor ou político. É dinheiro em caixa!  Sem fazer força> basta ter papo, e ser malandro no conhecimento bíblico.  A cada tempo, surgem novos doutores da lei – que logo, se tornam “prósperos”  as custas da ignorância bíblica, por parte dos membros das Igrejas. 

                                     …e, eles acreditam, fazendo o jogo destes homens – acreditando, que serão salvos.   Tudo isto, é vestígio daqueles que viveram no tempo de ROMA!  Pois, como hoje, se aproveitavam dos humildes, usando o dízimo, para obtenção de seus lucros. Impondo ao povo, (…quem não der o que tem, jamais poderá entrar no Reino de DEUS – ou ser abençoado!)

                                      Assim, as Igrejas de hoje, vão seguindo os mesmos padrões das antigas Igrejas primitivas – enganando os pobres, fazendo-os, acreditarem na “obrigação do Dízimo”  Quando, o próprio JESUS, no Novo Testamento, aboliu, essa lei. Pois, quando se muda o sacerdócio, se muda também a Lei! 

                                      Devido a isso, a essa desrespeitabilidade com a Lei> onde, o dinheiro é o deus destes doutores da lei – vemos o mundo – num completo caos, as trevas, tomando para si, as forças das terra e a barbárie – dominando toda uma humanidade.  Porque, não existe um poder espiritual, entre os homens, capaz de vencerem as sombras. Porque, falta moral, para enfrentar as trevas> pois, o jogo dos doutores da lei> é o mesmo jogo, usado pelo príncipe da mentira. Assim, as trevas, entram nas religiões, e nada pode-se fazer> porque o comando  pertence a eles.  O mundo está em falta com DEUS> E, o Senhor, está de braços cruzados, só olhando, pra ver, até, onde vai a hipocrisia do homem, diante de seu NOME!

                                   O Nome de DEUS, tornou-se somente um rótulo. Aonde, é usado apenas pelos lábios – o coração, ainda está endurecido pelas coisas do mundo e o conhecimento do absoluto, não entra no interior humano – A VERDADE, simplesmente, é substituída pela MENTIRA, com muita alegria – porque, o homem, ainda está muito contaminado, pelos desejos e pelas luzes da cidade. Então, fica a dor e o sofrimento, como herança – na falta de fé,  amor e fraternidade – entre o próximo!     (BARTHO)

E-mail do autor (luzbartho@hotmail.com)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s