////CULTUAR IMAGENS OU ESCULTURAS – está certo ou errado? ///

” Não farás para ti escultura, nem imagem alguma daquilo que existe no alto, no céu ou aqui em baixo, na terra ou naquilo que existe debaixo da terra, nas águas.  Não te prostarás diante delas, nem as servirás, pois, EU, o Senhor, teu DEUS, SOU um DEUS, zeloso, que castigo a iniquidade dos pais nos filhos, até a terceira e quarta geração dos que me odeiam, mas uso de missericórdia, até a miléssima geração com aqueles que amam e observam os meus mandamentos”  (Êxo, 20: 4-6)

Mas, é com  frequência que vemos acusações de protestantes – contra a Igreja Católica – e seus santos!

A maior de todas,  foi o caso do pastor evangélico, alguns anos atrás> quando diante da assistência – mostrou uma imagem de “Nossa Senhora da Aparecida”> esculpida em  gesso – lançou-a no chão  ( quebrou e pisoteou a imagem ) em pleno  “culto” – Porque, infelizmente – os versículos são usados ao pé da letra, sem o necessário entendimento da verdade. Por isso, é dito – na própria Bíblia, que a “letra, MATA” O conhecimento de DEUS, não é para qualquer um entender> o entendimento da lei -necessita que a pessoa esteja pronta interiormente, para que haja dentro de seu SER – o discernimento para saber avaliar, o que é certo, e, o que é errado! 

Foi com esta forma de pensar, que os doutores da lei – também no passado, interpretaram mal as palavras de JESUS> não crendo que “Ele” fosse o Filho de DEUS e também – não aceitaram a maneira pela qual, “Ele” falava e ensinava as coisas de DEUS.

Quando DEUS falou da “Idolatria” era a maneira pela qual os homens no passado, na ignorância de seu proceder – e sem consciência do Espírito de DEUS – criavam aliatóriamente, “imagens” ídolos, como >bezerros de ouro> e outros tipos de esculturas estranhas, porque, buscavam deuses desconhecidos, à luz da verdade do DEUS, de Israel!  Aonde, não tinham a menor conotação com o Reino do Senhor!  Nada existia, naquelas imagens – de figuras bizonhas – algo que ligasse – o criador, à sua criatura. Simplesmente, usavam uma estátua e a colocavam como sendo um deus, sem alma e sem espírito – nada acontecia.   Era, este tipo de escultura que DEUS, não tolerava, e não aceitava.  Quando em verdade, o Nosso Senhor – tem vida! É vivo! Tendo, todo o conhecimento dos mistérios> do céu, da terra e do mar e do próprio homem, criado a sua imagem. Cuja vida e sabedoria, já existia, muito além, do além, do além – que a pobre razão humana desconhece, não sabendo conceber ou interpretar os seus mistérios, se não estiver pronto. Aonde, nem mesmo a sua cultura, intelectualidade, ciência e tecnologia> podem alcançar. Pois, o homem é limitado, finito> a religião também é falha, e, não salva ninguém, porque em sua limitação – não alcança além daquilo, que seus olhos podem ver.  Assim, ela é simplesmente, um caminho, nada mais que um caminho.

O mal do homem intelectualizado ou mesmo os doutores da lei – é levar a lei – (ao pé da letra)    Principalmente, quando falamos dos ensinamentos e dos mistérios dos céus! 

Por isso, é que as religiões, brigam entre si> devido a total ignorância na consciência do espírito na carne! E, levado também pela ganância do mercantilismo religioso.  Principalmente no protestantismo, que, cresceu em grande números de Igrejas> sem a qualidade da unidade – mediante o Status econômico, pessoal e político!  Inclusive, para contestar a Igreja Católica – criando dessa forma, a fraguimentação religiosa, entre os credos e da verdadeira Igreja, em Cristo – que não é a do mundo físico. Esta, é (UNA) em todos os sêres – em todas as entidades vivas.

Onde, a terra, perdeu sua força, sua luz e sua energia santa – pois, quebrou-se a corrente, que o Reino de DEUS, mantinha em torno de nosso mundo, para impedir a entrada sobre a vida do homem, das forças trevossas. Por isto, é que, a barbárie cresceu enormemente> e tudo ficou mais difícil para a humanidade, e a própria natureza.  Com esta abertura, motivada pela ambição dos homens em todos os seus seguimentos – principalmente, a onde nunca poderia acontecer> nas religiões, que de uma forma ou de outra> é uma trava – que faz o homem pensar….

Então, criou-se uma richa – entre, as várias denominações de Igrejas, e de Igrejas – para as outras crenças. Cada uma, se achando dona da verdade e da lei. Por isso, as religiões na verdade – se tornaram “uma torre de babel” então, elas, vão do nada, para o nada! Todo mundo está errado, porque, não dão valor à unidade do conhecimento da alma, que é (UNA) e, mesmo estando mergulhado em várias religiões> quando se chega do outro lado da linha – na espiritualidade – tudo se torna “UM”.  Enquanto o homem não crê e entender todas estas coisas. Continuarão cegos as suas próprias fraquezas interiores. Aonde, ninguém pode falar de ninguém – porque todos nós, temos telhados de vidro> “Aquele, que não tiver pecado, atire a primeira pedra!”  A prova está na situação que o nosso mundo se encontra, atualmente. Doente e ferido pelas mãos do homem e tudo escandalosamente no caos!

Então, vemos os protestantes comentarem sobre a idolatria> que nada é, senão a ganância que o homem tem pelo dinheiro. E, por causa dele, tornam-se “avarentos”  Como citava – ( Paulo, o aspóstolo – Col 3.5)   Devido a estes pensamentos atagônicos, a realidade da verdade e do espírito divino> as religiões se perderam, porque, colocaram, acima de tudo, a ganância pelo dinheiro -mercantizaram  os seus “valores, idolatrando, o vil metal”  em suas vidas! Esqueceram, que JESUS > deu de graça o que de graça recebeu do Pai!

DEUS, nunca aceitou que o homem criasse, qualquer coisa ou profetizasse, como se fosse “Ele”   Se DEUS, não conheceu e nem conhece a origem da escultura ou da imagem – isto, é de fato, “ìdolo” É algo inerte, e sem a vida da verdade, à luz da consciência do SENHOR!  Porém, DEUS, em sua vontade e Senhor de todo o Universo > jamais daria aos seus filhos um mal exemplo – daquilo que “Ele” professou, ensinou, como sendo (Idolatria)  “Não adorarás Ídolos ou Imagens)  Mas, DEUS, conhecendo o obscurantismo da humanidade, em conceber interiormente com clareza, o seu conhecimento e sua lei – como de fato, ele é!    E, para melhor proteger o seu povo>e, ensiná-los dentro daquilo que eles, talvez, não pudessem entender. Pois, são como crianças, brincando de ser gente grande. e< só fazendo besteiras. Mandou que fosse preparada uma “Arca da Aliança” com madeira de acácia, toda revestida de ouro e tendo no propiciatório (tampa) dois, querubins com 50 cm de altura, todo em ouro batido – um de frente para outro, com suas asas estendidas.   DEUS, também ordenou a Salomão, que construisse um TEMPLO, para a Arca ficar. Mandando adornar, todas as paredes da casa em redor, lavrou de esculturas e entalhes de querubins, de palmas e flores abertas, revestidas de ouro.  (I Reis 6:32)   Adornaram também as portas do Santuário, com mais – querubins,  palmas e flores entalhadas, com madeiras de acácia – tudo revestido no ouro.  Sendo feito na entrada da sala, onde ficaria guardada a “Arca da Aliança” dois enormes querubins de 4,5 m –  igual, como aqueles que estão sobre o propiciatório da Arca – um de frente pro outro, tendo nos olhos – esmeraldas azuis…e, segundo o verso 22 de Êxodo, DEUS, estava presente no propiciatório (parte superior da tampa) no meio dos querubins. Onde os judeus chamavam  (Shekinah> a presença de DEUS) 

Então, DEUS se utilizou de esculturas e imagens, para melhor catequizar e ensinar o homem na sua fé, perante o conhecimeto divino> pois, eles são como crianças no jardim de infânia, que aprendem melhor, através de imagens e brinquedos.

Será que DEUS é um Idólatra?

Também está na Bíblia> uma passagem, em que o SENHOR – manda, Moisés> esculpir uma “serpente de bronze”  …e, amarrá-la na ponta de uma vara – e, quando alguém fosse vítima de alguma picada de víbora – nas areias do deserto> bastava levantar a vara acima da cabeça da pessoa e fazê-la olhar para a serpente de bronze. E, quando a fitava  – ficavam curados! (Nm 21.9)  Então, é a serpente – um deus ou uma deusa? Não….apenas, essa imagem esculpida> estava sob as bênção do “Senhor do Céu!”  Por isso, ela (curava)

th

  DEUS, nos mostra que a escultura ou a imagem, quando feita dentro dos princípios do amor ao  SENHOR – Torna a imagem ou escultura – consagrada, perante a fé em DEUS> pois, a fé realizante, não está na estátua, mas, no espírito de DEUS – que vive no homem – porque, em verdade, aquela estátua, foi um homem ou mulher – que, durante a passagem por este mundo de provas –  serviu ao Senhor em toda a  sua glória!   Portanto, os santos da Igreja Cátólica Apostólica Romana – não está errada – senão, a (ARCA da ALIANÇA) também foi construída, tão erradamente, quanto foram os santos da  Igreja Católica! O princípio da escultura é o mesmo – dos SANTOS!                       (BARTHO)

E-mail do autor (luzbartho@hotmail.com)


2 respostas para ////CULTUAR IMAGENS OU ESCULTURAS – está certo ou errado? ///

  1. Mary Dias disse:

    Deus é paz, Deus é amor!!!

  2. Flanklin Stem Santos da Silva disse:

    Podemos venerar as imagens dos santos?
    As imagens nos lembram aqueles que elas representam
    A+A-
    Share on facebookShare on twitterShare on google_plusone_shareShare on email
    Desde os primeiros séculos os cristãos pintaram e esculpiram imagens de Jesus, de Nossa Senhora, dos santos e dos anjos, não para adorá-las, mas para venerá-las. As catacumbas e as igrejas de Roma, dos primeiros séculos, são testemunhas disso. Só para citar um exemplo, podemos mencionar aqui o fragmento de um afresco da catacumba de Priscila, em Roma, do início do século III. É a mais antiga imagem da Santíssima Virgem. O Catecismo da Igreja Católica (CIC) traz uma cópia dessa imagem (Ed. de bolso, Ed. Loyola, pag.19).

    É o caso de se perguntar, então: Será que foram eles “idólatras” por cultuarem essas imagens? É claro que não. Eles foram santos, mártires, derramaram, muitos deles, o sangue em testemunho da fé. Seria blasfêmia acusar os primeiros mártires da fé de idólatras. O Concílio de Nicéia II, em 787, declarou:

    “Na trilha da doutrina divinamente inspirada dos nossos santos Padres, e da Tradição da Igreja Católica, que sabemos ser a tradição do Espírito Santo que habita nela, definimos com toda a certeza e acerto que as veneráveis e santas imagens, bem como a representação da cruz preciosa e vivificante, sejam elas pintadas, de mosaico ou de qualquer outra matéria apropriada, devem ser colocadas nas santas igrejas de Deus, sobre os utensílios e as vestes sacras, sobre paredes e em quadros, nas casas e nos caminhos, tanto a imagem de Nosso Senhor, Deus e Salvador, Jesus Cristo, quanto a de Nossa Senhora, a puríssima e santíssima mãe de Deus, dos santos anjos, de todos os santos e dos justos” (Catecismo da Igreja Católica, nº 1161).

    Deus nunca nos proibiu de fazer imagens, e sim “ídolos”, deuses, para adorar. O povo de Deus vivia na terra de Canaã, cercado de povos pagãos que adoravam ídolos em forma de imagens (Baals, Moloc, etc). Era isso que Deus proibia terminantemente. A prova disso é que o Altíssimo ordenou a Moisés que fabricassem imagens de dois querubins e que também pintassem as suas imagens nas cortinas do Tabernáculo. Os querubins foram colocados sobre a Arca da Aliança. Confiar essas passagens: Ex. 25,18s, Ex 37,7; Ex. 26,1.31; 1 Rs. 6,23; I Rs 7,29; 2 Cr. 3,10.

    Da mesma forma, Deus Pai mandou que, no deserto, Moisés fizesse a imagem de uma serpente de bronze (cf. Nm 21, 8-9), que prefigurava Jesus pregado na cruz (cf. Jo 3,14). Que fique claro, Deus nunca proibiu imagens, e sim, “fabricar imagens de deuses falsos”. Mas isso os cristãos nunca fizeram porque a Igreja nunca permitiu. As imagens sempre foram, em todos os tempos, um testemunho da fé. Para muitos que não sabiam ler, as belas imagens e esculturas foram como que o Evangelho pintado nas paredes ou reproduzido nas esculturas. Vitor Hugo dizia que as igrejas eram “Bíblias de pedra”. As imagens nos lembram que aqueles que elas representam chegaram à santidade por graça e obra do próprio Deus, são exemplos a serem seguidos e diante de Deus intercedem por nós.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s