///BITOLAÇÃO RELIGIOSA////

                         Em geral, uma pessoa quando entra pra uma crença.  Ela fica bitolada, fechada no círculo vicioso da religião.  Não conseguindo permanecer à tona da crença> ela, não sabe observar -os prós e os contra- se alienando nos dogmas, num conhecimento de textos teóricos, decorados, sem a menor consciência do que seja a verdade do sagrado. E, como papagaio, apenas fala o que ouviu, mas, nada entendeu ou compreendeu conscientemente.

                                      Geralmente, são pessoas em estado bruto de espírito – pessoas simples e humildes, vencidas pelas dores do mundo – cujas mentes, confusas, talves pela dores do sofrimento> procuram um ponto de apoio, uma religião que possam satisfazer as suas necessidades pessoais e espirituais.  Assim, com as mentes perturbadas, elas mergulham nas crenças e não observam as coisas com a neutralidade do SER – a verdade que permeia todas as demais religiões.

                                          Em verdade, são pessoas sofridas, carentes e perdidas emocionalmente> tornam-se, presas fácieis – porque não conhecem o seu interior. E, sem o conhecimento de causa, cheias de interrogações, sem o necessário conhecimento sobre a vida do mundo, se entregam as crenças> como se fossem uma tábua de salvação.

                                          Por isso, as pessoas religiosas – cada uma se tornam crédula na fé.  Mas, na verdade, as religiões é uma forma de travar o seu temperamento animal, à índole, os sentimentos em estado bruto – existentes dentro de cada ser humano. 

                                             No entanto, seria muito importante o homem aprender a mergulhar na sua própria essência Divina.  Através do Poder de seu SER – alcançar a fé interior> pela força do espírito – que DEUS, depositou em cada criatura.  Mas, a fé é pouca – como dizia,  JESUS.  Então, no desespero, clamam à DEUS e buscam uma religião para reolver seus problemas materiais. Se esquecem, que DEUS, lhes entregou a chave do Poder interior – mas, não sabem abrir a porta da alma eterna.  Porque, devido a insegurança interior, se destabelizam, se fragilizam com as provas que o mundo lhes oferecem – e, por isso, buscam nas religiões – resolverem as coisas no mundo, sem nem pensar na essência de suas almas.

Mas, chegará o dia em que o homem aprenderá a mergulhar na sua verdade interior – somente na religiosidade UNA> é que, a alma pode se evoluir, pois, é a UNIDADE – que torna o homem mais consciente de sua identidade espiritual.  Dessa maneira, ele não se escravisará a religião.  Mesmo que seja a religião ainda muito necessária à vida humana. O importante é o homem buscar em seu coração o caminho que deve seguir. Porém, também é necessário – que haja, a separação do trigo e do joio – compreendendo que religião é somente um caminho, não uma salvação espiritual> pode sim: salvar um indivíduo de uma determinada situação material – através da fé realizante. Porque, a fé – como disse, JESUS: ” …remove montantas!”

O espírito é Luz! E, resplandesce em todas as crenças, em todos os povos, em todas as culturas > a partir do momento, que o homem entender a unidade do espírito. Aonde, ele permeia a essência em todas as criaturas de DEUS. Por este motivo, é que, religião nenhuma pode falar da outra. Se na sua religião existe a CURA, MILAGRE…> na do vizinho também existe! Porque, DEUS, queira ou não os homens > o Senhor está em todas as crenças, que glorificam os seus Santos Nomes!

O Poder de DEUS é a UNIDADE – ela é o Poder da criação do Sagrado – em plena consciência com aquele que, em suas águas da vida – mergulhou e ao emergir – viu a Luz da eternidade, o conhecimento da unidade do SER – aonde, a mente – esvaziou-se das coisas mundo, subindo para a glória da LUZ de DEUS! Mas, enquanto o homem viver dividido, por sua religiões, que deveria ensinar a unificação, o ecomênismo – entre todo um povo> o está dividindo e tudo que está dividido, está propenso à extinção. Assim, disse o Senhor!

É por este motivo, que o homem ainda vive na MORTE! Pois, se encontra perdido em seus conceitos de vida!  (BARTHO)

E-mail do autor (luzbartho@hotmail.com)

Uma resposta para ///BITOLAÇÃO RELIGIOSA////

  1. Gilberto Melo disse:

    A verdadeira religião é a vida que levamos, não o credo que professamos.
    Louis Nizer

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s