/// BATISMO nas ÁGUAS ///

Novo convertido, passa a fazer parte do corpo de Cristo – pelo novo nascimento, dando então, testemunho público do que lhe aconteceu.  Aonde, aquele que batizou-se nas águas – mostra ter “morrido para o mundo,” e renascido para Cristo, através do batismo. Isto, no entendimento dos doutores da lei. Não sou contra o batismo, pois, creio nêle. Mas, ao meu haver – se o homem mergulhar nas águas, sem antes, ter sido limpo por dentro> o batismo será superficial – porque no Reino de DEUS, não se entra, estando o homem, imaculado, ainda dividido, com os poderes materiais.  Até, mesmo, sabendo segundo a lei> que é o sangue de JESUS, e não as águas do batismo, que purifica e perdoa. Pelo sangue de JESUS, somos justificados e a nossa consciência também purificada, assim, somos redimidos. (Rm 5.9 – Hb 9.14 – 1 Pe 1. 18 – 19) Mas, a minha dúvida, é o que já citei à cima – não se ganha a verdade ou somos purificados ou ainda, se fala linguas estranhas> dizendo-se, ser o Espirito Santo> sem que realmente o homem esteja “pronto” pois, para se integrar com a espiritualidade Maior – não basta a vontade – mas, possuir em si, a consciência de DEUS. O nosso interior, o nosso pensamento, deve estar sempre limpo, para que o corpo mental e físico, adquira uma vibração, à altura de recebermos, o Espírito Santo ou o Batismo, com o poder, que a Igreja afirma acontecer. Antes, deveríamos, aprender a perdoar e compreender os inimigos – porque é através dêles que somos testados e preparados> para darmos os primeiros passos na Seara do Senhor!  É como uma casa muito bonita, vistosa. Aquela que diante dos olhos – é um deslumbre> “UMA MANSÃO DE MUITO LUXO.”  Porém, por dentro, está tudo bagunçado, quebrado, sujo. Por fora> toda pintada, maquiada, como fazem os políticos, para enganar o povo. Toda iluminada – mas, por dentro, as luzes estão queimadas. O interior da masão estás as escuras.  JESUS, já falava disso, no seu tempo: ” Ai, de vós escribas e fariseus – hipócritas, pois, que sois semelhantes aos sepúlcros  caiados, que por fora realmente parecem – formosos – mas, interiormente estão cheios de ossos de mortos e de toda a imundicie.”   Assim, são aqueles, que, já como adultos, se prestam ao batismo, sem que estejam prontos, para algo tão sagrado. Mas, não culpo a eles, porque, estão sofridos com as dores do mundo> e não sabem o que fazem! Mas, sim – aqueles que os proclamam – porque em verdade, o que impera, são os numeros crescentes de fiéis e o poder aquisitivo, através dos dízimos! Em verdade, não se pode afirmar, em sã consciência – que uma pessoa, fique livre dos pecados, quando aí existem, muitos mistérios ocultos – para que tal fato, aconteça. Onde, o batismo ou qualquer outra maneira de lavar a alma – alcanse mediante as mentes em desalinho, para com a verdade do SENHOR, esse objetivo. Porque, somente o próprio homem, através de sua fé e de sua força de vontade, para sair do vício de suas adversidades, dualidades e vicissitudes interiores – a serem combatidas, podem alcançar essa vitória.  Assim, após, aprender o significado do perdão e do amor ao próximo, começará o homem a sua caminhada na companhia da verdade – cujo conhecimento, foge aos padrões normais do raciocínio e pensamento humano. Portanto: Somente, iluminando os maus hábitos, vencendo a má índole – poderá o homem conhecer a sua verdadeira identidade como espírito.  O Espírito Santo ou a iluminação, não acontece aleatoriamente – porque, poucos são os escolhidos. Muitos correm atrás da luz, mas, raros, são aqueles, que se submetem as regras da lei – permanecendo nas sombras deste mundo. Desse modo, é necessário saber – que nada nos vem de DEUS, sem que estejamos prontos e fortes, para recebermos os seus ocultos mistérios. “A verdade Liberta.” Sem credo, raça ou cor!  Por isso, o mundo mergulhou no caos> Tantas são as religiões, entre os homens> que se esqueceram que o mundo passa – mas, o espírito, vivifica. Ao invés, de prometerem o conhecimento interior da alma> “elas” prometem as riquezas do mundo e os amores perdidos, pelo prório erro humano, em crê, que são donos de alguma coisa – quando na verdade, não são donos nem do “PRÓPRIO CORPO.”   (BARTHO)

E-mail do autor (luzbartho@hotmail.com)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s