///AUTORIDADE ESPIRITUAL (PARTE 1)///

Todos somos iguais perante Nosso Senhor JESUS CRISTO – a diferença quem faz é o homem – segundo suas próprias intenções – as religiões, quem as criou foi também o homem> enfim, cada ser humano, vive aquilo que ele mesmo buscou em sua vida!

Todos somos espíritos> portanto, seja qual for a crença, ela é somente um caminho, uma sala de aula, aonde, o homem começa a dar seus primeiros passos, em direção do conhecimento espiritual. Pois, perante os olhos de DEUS, os direitos são iguais!  O ser humano é que torna as coisas difíceis – porque, quer entender as coisas do espírito, sem estar pronto – segundo, suas próprias razões e idéias conservadoristas.

Para se alcançar uma “Faculdade” primeiro deve-se passar pela experiência do (primeiro grau) como, não se pode, esquecer ou  menosprezar um C.A. infantil> pois, é através destes conhecimentos, que o homem alcança a Faculdade – por direito.

A espiritualidade, também age do mesmo modo. Ninguém chega ao Reino dos Céus> sem antes passar pela experência dos primeiros degraus da escolaridade primária.  A vida do mundo é uma grande sala de aula – aonde, aprendemos a nos preparar, para as verdades da alma, do espírito e da vida eterna. 

Para nos tornarmos fortes no espírito – nos tornamos grandes guerreiros> onde, a fé realizante, é uma constante no SER> Nos fazendo sempre avançar, além de nossa visão material – para os enfrentamentos das grandes batalhas, da guerra, aonde, mesmo perdendo um soldado, devemos prosseguir, e a guerra vencer.

Vamos seguir em frente, sem vasilar, e sem medo de errar, perder – porque, somente os fortes, saem vencedores. Temos que ter a consciência, que, com o conhecimento na Unidade Interior da Luz, poderemos entender o (TODO) que, não se “Divide” mas, UNE – as entidades vivas – as criaturas de DEUS> em todas as circunstâncias de nossas vidas!

Não podemos nos desanimar, nos primeiros passos, que damos na vida.  Pois, são as preliminares dos primeiros combates – de nossas vidas – no mundo.  A juventude, acarreta muito medo, falta de discernimento – deixando, quase sempre os jovens fragilizados em seus sonhos.

A vitória é sempre concretizada, com muito esforço, garra e raça – assim, fazem os grandes guerreiros, quando querem de fato, vencer suas lutas. É a perseverânça em conquistar o sonho, o objetivo, e o futuro.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s